Toda mulher tem todo direito de se vestir como achar melhor, mas se estiver minimamente interessada nos gostos e opiniões dos homens, pelo menos de alguns deles, ou mesmo só de um deles, o que não a diminui em nada, assim como não diminui o homem importar-se com a opinião das mulheres, eis alguns tipos de roupa a evitar:

Calças saruel

Introduzidas no mundo islâmico, vindas da Pérsia, elas antecedem o surgimento do Cristianismo e, nos últimos tempos, viraram moda em muitos pontos do planeta.

Os homens detestam-nas por que disfarçam as curvas femininas que tanto gostam de admirar.

Saias jeans

As famigeradas saias jeans obscurecem o bumbum das mulheres, pecado mortal na visão masculina.

Publicidade
Publicidade

Por que não optar pelos shorts jeans no lugar delas?

Saltos altíssimos

Saltos altos são uma beleza, mas quando eles são muito altos e interferem no andar natural da mulher são ridículos, caricatos, de mau-gosto mesmo.

Unhas decoradas

As mulheres podem até achá-las bonitas, mas para a maioria dos homens, menos vale mais, principalmente quando se trata de esmalte. Uma cor só, clara, de preferência o clássico vermelho, é o modelo que continua em alta por ser bonito, discreto, evidenciando a beleza das unhas, em vez de obscurecê-las e eclipsá-las com seu espalhafato.

Lingerie bege

Ao contrário de sexy, a lingerie bege é outro tipo de roupa que desperta nos homens, como diria o ex-senador Roberto Jefferson, sobre outra coisa, os sentimentos mais primitivos. Só que, infelizmente, não são estes sentimentos que a mulher provavelmente quer despertar quando um homem vê uma lingerie dessa cor.

Publicidade

Cortes masculinos

Sim, há roupas que tanto homens quanto mulheres podem usar sem problema, mas há aquelas que mulher alguma pode usar sem correr o risco de parecer estar se disfarçando de homem. Igualdade entre os gêneros significa, essencialmente, que as mulheres estão livres para serem o que são sem que isso as restrinja a um papel limitado e estereotipado, e sem prejuízo de quaisquer aspirações legítimas que elas possam ter. #coisas #Relacionamento