Não existe fórmula perfeita ou única para se abordar uma moça pela qual se esteja interessado, mas existem certas abordagens que estão quase certamente condenadas ao fracasso, algumas das quais não só estragam a chance de um homem com uma mulher, mas mancham o caráter e a reputação dele.

Listamos algumas táticas de abordagem contraproducentes, para dizer o mínimo:

1 – Tocando-a sem permissão

Chegar agarrando-a, puxando-a, etc. Simplesmente não. Não é o jeito certo de começar uma conversa com quem quer que seja, muito menos com uma mulher na qual você esteja interessado. É uma abordagem estúpida, para dizer o mínimo.

2 – Beijando sem permissão

Se chegar segurando como quem está experimentando a firmeza de frutas na feira já é anátema, imagine chegar beijando.

Publicidade
Publicidade

Veja se ela quer. Que tal começar falando com ela?

3 – Com #Cantadas baratas

Cantadas grosseiras ou batidas não vão levá-lo a lugar algum. Por que, em vez disso, não conversa com ela, tenta achar um assunto que a interesse, ouve o que ela diz? Suas chances serão maiores do que com uma cantada boba ou pré-fabricada.

4 – Mandando recadinho através de amigo

Para mulher, isso soa como indício claro de falta de personalidade e de iniciativa. Tentar se aproximar por intermédio de um amigo parece coisa de quem não tem coragem de dar a cara a tapa, chegar junto e tentar arranjar um assunto legal sobre o qual conversar. #mulheres não gostam de #homens invertebrados.

5 – Ofender a mulher depois de uma recusa

Poucas coisas em uma interação com uma mulher mostram caráter tão fraco, tão baixo e tão repelente quanto não saber receber como um homem a recusa de uma mulher.

Publicidade

Pode ter certeza de que a notícia do seu comportamento de troglodita vai se espalhar.

6 – Com elogios

Bom, na verdade, o problema é que é uma corda bamba. Elogios são legais, sim, claro. Todo mundo gosta de ser elogiado, mulheres não são exceção à regra, mas as chances de pisar em uma mina terrestre se você passar aos elogios logo no começo são enormes. Tentar engatar uma conversa primeiro talvez seja uma ideia melhor.

Em todo caso, se for começar mesmo com um elogio, tente evitar aquelas falas machistas e evite as cantadas batidas – já falamos sobre isso não é?