Quem não está acostumado a exercitar-se acredita que ir à academia ou fazer sua rotina de exercícios em casa é suficiente, mas engana-se.

É necessário rever os hábitos para não cair em armadilhas que possam interferir negativamente no ato das atividades físicas.

A BBC Mundo divulgou uma lista das piores práticas rotineiras dentre os desportistas desinformados. A lista foi escrita pelo especialista em esporte de alta performance, Juan Francisco Marco.

Caso você se identifique com alguns dos erros da lista abaixo, reveja seus hábitos e aumente seu desempenho com mudanças simples em sua rotina.

Não se alongar

Eis uma prática que muitos acham desnecessária, mas que é fundamental.

Publicidade
Publicidade

Após o exercício é necessário relaxar os músculos e estabilizar o sistema cardiorrespiratório. Essa é a função do alongamento.

A prática também é responsável por evitar lesões a que um músculo aquecido, e não relaxado, está exposto, além de minimizar a dor resultante do esforço muscular.

Deitar-se ou cair no sofá

Por mais que tenha feito o alongamento, seu corpo necessita de mais tempo para desacelerar. Causa estranhamento nos músculos e sistema cardiorrespiratório se após uma atividade que exija muito, você pare subitamente.

Resista a esse desejo mesmo estando cansado. Dê mais tempo ao seu corpo no que concerne ao processo de "desaceleração".

Não se hidratar

Há perda de muito líquido e com ele a possibilidade da desidratação é grande. Caso você não se hidrate durante os exercícios, é fundamental fazê-lo depois.

Publicidade

A recomendação de Marco é hidratar-se antes, durante e depois dos exercícios.

Acender um cigarro

Muita gente fuma após o exercício e a atividade física abre o sistema respiratório e, com isso, o efeito negativo do cigarro multiplica-se.

Não se alimentar

É comum as pessoas acharem que para perder mais peso, a prática do exercício deve estar aliada a ausência de alimentação. Isso é errado e nocivo à #Saúde.

"O corpo precisa repor as gorduras, energias e proteínas perdidas para reparar as fissuras moleculares", diz o especialista.

Não se agasalhar

O calor do exercício dá a falsa impressão de que não necessitamos de agasalho. É preciso se agasalhar, uma vez que no esforço para recuperar-se dos exercícios feitos, seu corpo pode baixar a imunidade e você ficar mais suscetível a contrair doenças ou contaminações.

Não tomar banho

O banho tem vários benefícios, não apenas o de higiene. Estimula a circulação sanguínea (deixando a pele mais forte e bonita) e ajuda na queima de gorduras através do processo da lipólise.

O mais correto seria água fria, porque "com a queda da temperatura o corpo acelera o metabolismo para gerar calor", afirma Juan. Caso você não suporte água fria, escolha uma temperatura morna, mais aproximada da fria, possível.

E agora? Algum dos hábitos acima é o seu? Modifique-os e se beneficie ainda mais da sua rotina de exercícios. #Ginastica