As #coisas que você diz a ele na cama podem influenciar a experiência sexual tanto quanto -- ou até mais do que -- as coisas que você faz nela. Certos comportamentos verbais são verdadeiros icebergs no caminho do confortável e poderoso transatlântico do amor de vocês. Você diz uma bobagem e logo o #sexo de vocês está igual ao Leonardo di Caprio quase no fim de Titanic: aguarrado a uma tábua para não se afogar e morrendo congelado. Eis 8 coisas que uma mulher deve evitar dizer ao parceiro na cama.

1 --“Só isso?”

Essa, "Já?” e outras variantes, todas elas ótimas para arrebentar com o ego do sujeito. Você pode estar realmente surpresa -- em vez de estar sendo sarcástica -- porque ele já fez melhor ou, em todo caso, você tinha expectativas maiores, mas é bom dar um jeito de engolir a surpresa.

Publicidade
Publicidade

Se o padrão ficar se repetindo, explique para ele em outro momento, fora da cama, a situação e discuta com ele o que podem fazer.

2 --“Você terminou?”

Essa e frases do gênero são o jeito mais prático de mostrar que você está desinteressada no sexo com ele. Não só é péssimo para o ego do cara como é extremamente irritante quando um dos parceiros está engajado no ato e o outro aparentemente está contando os segundos para ser atendido no guichê do banco ou para o fim do Horário Eleitoral Gratuito. Não está com vontade de fazer sexo, não faça. Melhor do que fazer de má-vontade.

3 -- “Da outra vez foi melhor”

Como dizem, só os medíocres estão sempre no seu auge. Compará-lo a si mesmo é quase tão ruim quanto compará-lo a outro homem (ver item #5). Se acha que falta algo nas relações de vocês, converse com ele -- em uma hora em que não estejam fazendo -- ou tenham acabado de fazer -- sexo.

Publicidade

4 -- “Será que o bebê chorou?”

E outras frases relacionadas aos filhos ou aos assuntos da casa. Estragam completamente o clima.

5 -- “Mas o meu ex…”

Trazer à tona ex -- especialmente em um momento de intimidade como esse -- é pedir para criar confusão. Ele se sentirá comparado -- e, mesmo que a comparação seja positiva, não é uma sensação boa, a ideia de poder ser comparado com o ex é vista por ele como uma Espada de Dâmocles sobre o desempenho dele, então guarde as comparações para si mesma. Se tiver elogios, simplesmente elogie e pronto. Se estiver insatisfeita, converse com ele longe da cama -- e sem mencionar o fantasma do ex.

6 -- “Eu achei que era maior”

Homens costumam ser inseguros com relação ao tamanho do pênis deles, e a relação para eles é centrada no pênis, então nem adianta tentar compensar elogiando as preliminares ou como ele usa as mãos ou a língua ou dizer que ele a levou às nuvens. Dar a entender que o pênis dele é pequeno estraga tudo.

7 -- “Diz que eu sou bonita”

Ou o clássico “tô gorda?”.

Publicidade

Homem detesta mulher insegura e a maratona na corda bamba que é tentar manter contente uma mulher assim. Se ainda existe um pouco -- um pouco! -- de tolerância no dia a dia, na cama não dá mesmo. Ou você vai acabar ouvindo uma resposta que não quer ou vai ter perto de você um homem frustrado por ter que bancar o papai da garota com medo de Bicho Papão. Nada sexy. Vá fazer dieta ou plástica ou malhe ou se aceite como é, mas deixe a insegurança fora da cama.

8 -- Chorar

Ou outros ataques de sentimentalismo fora de propósito como já planejar casamento, falar de filhos, etc. A ideia que passa é de uma mulher carente e pegajosa, estraga-prazeres, do tipo da qual vai ser muito difícil se livrar e da qual ele vai querer muito se livrar porque é chatíssima.