Os anos 2000 chegaram e já trouxeram novas formas de relacionamento íntimo entre as pessoas. Antes, falar em #Casamento entre duas pessoas do mesmo sexo, casamento entre três pessoas e relacionamento íntimo entre casais poderiam ser tido como situações totalmente fora do comum, porém, atualmente, já é uma realidade e acontece tanto no Brasil quanto no resto do mundo. O poliamor, por exemplo, é a relação íntima entre casais. Gracie, de 48 anos e, Oz de 41, são adeptos desse tipo de relacionamento. Eles participam de uma comunidade na Califórnia, nos EUA, que realiza encontros entre pessoas casadas que querem se relacionar intimamente com outras pessoas.

Publicidade
Publicidade

Fazer sexo fora do casamento me torna uma mãe fantástica, pois qualquer coisa me deixa feliz e me dá energia faz com que eu seja uma mãe melhor”, contra a mulher. No entanto, há alguns anos, Gracie estava casada com outro homem, Hank. Eles entraram na comunidade e conheceram Oz e sua esposa. Com o passar do tempo, os casais foram morar juntos, os quatro, e tempos depois Gracie acabou trocando de marido e ficando com Oz, já Hank assumiu a antiga mulher de Oz. Mas os quatro continuaram se relacionando intimamente e visitando a comunidade do poliamor.

“Ser poliamoroso me ajuda a ter uma vida sexual melhor, não só fora, mas dentro do casamento. É bom explorar, ter novas experiências”, disse a americana.

Brasil tem o primeiro casamento entre três pessoas

Nesse segundo semestre de 2016, três pessoas do Rio de Janeiro: Leandro Jonatan da Silva Sampaio, Thais Souza de Oliveira e Yasmin Napomuceno da Cruz oficializaram uma união estável no 15º Ofício de Notas, na Barra da Tijuca, no Rio de Janeiro.

Publicidade

“Não é porque dei um beijo em uma que a outra também tem de ganhar um beijo. Não é assim que funciona. Mas procuro ser o mais justo possível com elas.”, havia dito o único homem do casamento entre três pessoas, em entrevista ao portal G1. Leandro disse que as mulheres se davam muito bem e uma delas tinha curiosidade em se relacionar a três. Em conversa, todos aceitaram a questão e acabaram se conhecendo ainda mais. Com o passar do tempo, decidiram oficializar a união e casar.