Apesar do senso comum revelar que são os #homens que procuram mais o #sexo, um novo estudo está provando que são as #mulheres quem sentem mais prazer. A pesquisa foi feita por investigadores da universidade de Concordia, no Canadá, e vem mudar todo um pensamento que durava há muitos anos. Afinal, são as mulheres que gostam mais de sexo e eles explicam como chegaram a essa conclusão. De acordo com o estudo, elas gostam mais, porque elas sentem mais orgasmos e mais prazer.

O novo estudo se baseou nas maneiras como homens e mulheres atingem o prazer. Nesse sentido, eles avaliaram a forma como as mulheres ficam mais excitadas e despertadas para o prazer, de uma forma que os homens não conseguem.

Publicidade
Publicidade

Tudo, porque elas têm quatro zonas orgásmicas no corpo, ou seja, têm uma maior potencialidade de atingirem mais orgasmos, de múltiplas maneiras e até simultâneos.

As áreas orgásmicas que a pesquisa revela são as genitais e as não genitais. No caso das genitais, são três as áreas em que a mulher pode atingir o orgasmo: clitóris, a região interna ao redor do ponto G e o colo do útero. Sobre as áreas não genitais, os investigadores apontam os mamilos como zonas erógenas, onde a mulher também sente excitação.

Jim Pfaus, o autor do estudo, falou, no entanto, que isso não é igual com todas as mulheres. Ele fez questão de esclarecer que nem todas as mulheres sentem o prazer nas mesmas áreas, e que o orgasmo não precisa vir de um só sítio, nem de todos eles. Isso vai variar de mulher para mulher.

Publicidade

A questão que ele explora é que as mulheres podem experimentar o orgasmo de maneiras mais variadas e diferentes do que o homem.

Pfaus falou ainda que o prazer para uma mulher evolui ao longo da vida. Diferente da ejaculação no homem, a mulher vai descobrindo e construindo as formas de chegar no prazer, ao longo da vida. É uma construção, que tem muito a ver como a mulher vai conhecendo melhor o seu corpo e as zonas erógenas do mesmo, descobrindo onde e como chega mais fácil a excitação.

Com esta pesquisa, Jim Pfaus pretende que as pessoas entendam as diferenças entre o orgasmo masculino e os orgasmos femininos, mas a sua maior conclusão é que as mulheres sentem mais prazer do que os homens.

E o leitor, concorda com essa pesquisa? Acredita que, afinal, as mulheres gostam mais de sexo do que os homens? Deixe sua opinião!