Quando estamos com a pessoa amada e estamos na cama com ele (a) pode acontecer de sair uma famosa “gafe”. Como disfarçar para a pessoa a besteira que você falou? Verdade mesmo é que dá vontade de voltar no tempo e deletar essa parte horrível que falamos e seguir em frente. Mas, infelizmente, isso não acontece e precisamos contorna a situação que criamos o mais rápido possível para não criar uma situação constrangedora muito maior. Então vamos lá com as cinco razões para as mulheres tentarem se redimir na hora H!

1 - Perguntar se já teve relações melhores depois de uma noite de romance. Essa é clássica! Qual a mulher que se não falou, provavelmente já pensou.

Publicidade
Publicidade

Quando fala, acaba com qualquer momento romântico criando anteriormente.

2 – Ensinar a beijar. É impossível você nunca ter ficado com ele (a) e ter um beijo murcho, babado ou aquele beijo que parece querer te engolir. Querer ensinar a pessoa a beijar é complicado, pois ninguém gosta de ser ensinado a beijar. Estar com alguém na hora H e descobrir que o parceiro (a) beija muito mal acaba até com o clima do casal.

3 – Deixar no vácuo. Sair no meio da relação do casal para ir no banheiro, beber água ou atender telefone ninguém aguenta. Melhor é resolver tudo antes dos finalmente, pois parar no meio deixa a impressão que o momento que vocês estão tendo não é importante para a pessoa que ficou no vácuo.

4 – Falar nome do outro (a) na hora. É terrível para quem ouve o nome do outro (a). Sempre acaba em confusão, e o clima vai embora na hora.

Publicidade

O importante é quando for estar com alguém que esteja de verdade, sem nenhum sentimento pelo antigo #Relacionamento.

5 - Reparar no físico. Ficar criticando o corpo para o parceiro (a) é um muito ruim para o relacionamento do casal. Quem passa por isso sabe como é ruim ter que ouvir do outro (a) reclamação de um estria aqui, um pneuzinho ali, falando que esta acima do peso. Isso faz com que qualquer namorado (a) se afaste da pessoa reclamante, e vá para outra pessoa. O ideal é você se aceitar. #sexualidade #sexo