A intimidade é algo muito esperado por muitos casais em começo de #Relacionamento, pois isso demonstra que um pode confiar no outro e se sentir plenamente à vontade para fazer o que deseja. Mas será que a intimidade é algo tão bom assim?

Na língua inglesa, existe um ditado bastante popular que diz: “familiaridade gera desprezo” e isso pode responder a questão acima. Isso significa que, quanto mais você conhecer uma pessoa, menor será sua preocupação em respeitá-la e, com isso, acaba fazendo coisas não muito agradáveis.

Quando a intimidade surge entre um #Casal, passa a significar que a formalidade deixará de existir e isso faz com que surjam coisas bastante nojentas que ocorrem na convivência de duas pessoas bastante intimas entre si, que serão apresentadas abaixo.

Publicidade
Publicidade

Não segurar os gases

Soltar gases, ou pum, como é popularmente conhecido, é algo normal no organismo humano, acontecendo com todas as pessoas, mas quando se está dentre pessoas estranhas ou ficantes, procuramos evitar deixar aquele pum escapar, evitando o constrangimento que seria gerado em sua volta.

Quando a intimidade surgir entre um casal, o que eles menos farão é segurar o gás. Na verdade, passarão a achar divertido provocar um ao outro com o odor, transformando o constrangimento em diversão.

A partir do momento em que um parceiro passa a se sentir livre para soltar um pum perto do outro, cria-se a regra de que muitas coisas nojentas passarão a ser compartilhadas entre ambos, sem vergonha alguma, provando que a intimidade está presente.

Usar o banheiro ao mesmo tempo

Isso pode até parecer normal à primeira vista, mas, acredite, pode se tornar uma situação bastante nojenta para quem olha por fora da relação.

Publicidade

Isso ocorre porque casais costumam compartilhar o banheiro em praticamente todos os momentos, enquanto um faz a limpeza dos dentes, o outro toma banho ou até cumpre suas necessidades fisiológicas. Tudo no mesmo momento.

Dividir escovas dentais

Ainda permanecendo no ambiente do banheiro, eles não somente compartilham o espaço da casa, mas também os objetos nele presentes, assim como as escovas dentais, o que parece bastante nojento.

Não é recomendado que escovas de dente sejam compartilhadas entre duas pessoas, mas, para um casal que possui um nível de intimidade significativo, isso não passa de um simples detalhe diário.

Todas essas informações provam que os casais não são somente um mar de carinho conforme demonstram publicamente, pois eles também realizam tarefas bastante nojentas, provando que estarão um do lado do outro em todos os momentos e para todas as tarefas. #Curiosidades