Apesar de grandes, os aviões não são retângulos perfeitos. Dessa forma, é natural que alguns assentos sejam diferentes dos outros. Enquanto uma poltrona pode ter mais espaço, talvez ela não apresente a melhor vista. Aquela outra até permite uma boa inclinação mas está muito perto do barulho dos motores. Infelizmente, não existe o assento perfeito, mas de acordo com algumas preferências, é possível escolher um bom lugar e melhorar o seu #conforto, principalmente em longas viagens.

Existem vários fatores a considerar, mas damos aqui algumas dicas gerais para ajudar na escolha do seu assento perfeito. Vamos lá?

Espaço extra

Para pessoas altas ou com problemas de circulação, a primeira fileira é o paraíso.

Publicidade
Publicidade

Sem poltronas à sua frente, você poderá esticar suas pernas o quanto quiser. Outra opção são as espaçosas poltronas que ficam próximas das saídas de emergência. Entretanto, a primeira fileira e as poltronas da saída de emergência são destinadas aos portadores de necessidades especiais e só podem ser reservadas no dia do embarque. Para consegui-las você precisará entrar em contato com a companhia aérea previamente e deixar seu nome numa lista de espera. Outra dica, é chegar bem cedo no dia da #Viagem e solicitar as cobiçadas poltronas. No entanto, elas têm uma pegadinha: elas inclinam pouco.

Tranquilidade

Se você é daqueles que prefere aproveitar a viagem lendo ou mesmo dormindo, escolha as poltronas que ficam longe do corredor, da cozinha e dos banheiros. Assim, você evitará a movimentação constante de pessoas e carrinhos de comida durante o voo.

Publicidade

Normalmente, as primeiras fileiras são reservadas às crianças que viajam sozinhas e bebês, por isso pule algumas fileiras para ter mais silêncio. No entanto, não vá para o fundão ou a região das asas, onde o ronco dos motores é maior.

Melhor vista

Sem dúvida, a melhor vista a bordo são das primeiras fileiras do #avião. A menos que você queira que as asas componham as suas fotos aéreas, escolha as poltronas que ficam à frente das asas, para conseguir apreciar a paisagem e sem interferências.

Enjoos

Para quem tem problemas com náuseas e enjoos, escolha os assentos no meio do avião, próximos das asas. Essa região é a mais estável do avião e ameniza os efeitos das turbulências. Nunca fique no fundão, pois esta é a região onde os movimentos são mais intensos. Escolha também uma poltrona na janela. Olhar a paisagem pela janela vai reduzir a sua sensação de enjoo.

Ar condicionado

Se você curte um ar gelado, escolha as primeiras fileiras, pois o fluxo do ar condicionado dentro de um avião é da frente para trás.

Publicidade

As portas de entrada e emergência também são as regiões mais frias da aeronave, por serem pontos vulneráveis à temperatura negativa do lado de fora. Agora, se você não gosta de passar frio, vá para o fundão da aeronave.

Mais espaço para a bagagem

Caso precise levar muitas malas, escolha as últimas fileiras. Normalmente, os passageiros do fundão tem prioridade no embarque e acabam encontrando mais espaço livre no bagageiro. No entanto, no desembarque você não terá a mesma prioridade. Provavelmente, você será um dos últimos a sair do avião.

Mais segurança

Pesquisas apontam que durante um acidente, quem senta no fundão tem mais probabilidade de sobreviver. Um levantamento realizado pela FAA, a agência que regula a aviação civil nos Estados Unidos, apontou que o índice de mortes nos assentos da terceira parte final do avião era de 32%, comparado com 39% na parte do meio da aeronave e 38% na parte frontal.

Escolha sua poltrona com sabedoria e tenha uma boa viagem!