A traição é um dos medos que afeta centenas de pessoas que estão diariamente se dedicando a um relacionamento amoroso. Todos nós estamos sujeitos a sofrer com isso, e a traição pode ser cometida por ambos os sexos.

Uma pesquisa realizada com a ajuda do aplicativo AshleyMadison.com – um site direcionado a pessoas casadas e que buscam por relacionamentos extraconjugais - revelou que existem chances da traição ser ainda maior devido à profissão que cada um segue, principalmente quando estamos falando do sexo masculino. Pensando nisso, reunimos as chances de enganar ou ser enganado devido ao ramo profissional, acompanhe:

Conheça as profissões que apresentaram uma maior taxa de infidelidade

Homens que trabalham na área financeira

Economistas, banqueiros e corretores apresentaram uma taxa de 18% quando o assunto é traição.

Publicidade
Publicidade

Analistas de recursos humanos

O aplicativo revelou que 12% dos usuários que utilizavam o aplicativo e que atuavam nessa profissão estavam mais sujeitos a cometer a traição.

Autônomos

A explicação é que homens que trabalham por conta própria acabam fazendo o seu próprio horário, e com isso, fica mais fácil praticar a traição. A pesquisa revelou que 8% dos usuários desse aplicativo e que atuavam em algum ramo profissional independente estavam mais dispostos a cometer a infidelidade.

Engenheiros

O aplicativo apontou 6% dos homens que atuam nessa área profissional como infiéis.

Vendedores, marqueteiros e contadores

Logicamente que não devemos generalizar, porém, aproximadamente 4% dos usuários do programa demonstraram uma facilidade maior para ser infiel, isso pode ser pela facilidade de interagir com pessoas.

Publicidade

Agentes de saúde e funcionários públicos

O resultado foi de 3% foi para as pessoas que atuam na área da saúde, como enfermeiros e médicos. A explicação é que eles podem acabar cometendo a infidelidade por conta dos seus horários e escalas longas, isso faz com que eles acabem passando mais tempo com seus amigos de trabalho, o que facilita uma possível paquera.

Artistas, educadores, aposentados, comerciantes e publicitários

As pessoas que trabalham nas áreas profissionais citadas acima representaram 2% dos traidores que utilizavam esse aplicativo. Os comerciantes podem ter uma facilidade ainda maior na hora de cometer o ato, pois estão constantemente se envolvendo com muitas pessoas diferentes. Já os aposentados podem estar buscando algo que lhe tire da rotina e ofereça algum tipo de aventura, isso pode fazer com que eles se sintam mais jovens e desejados.

Pessoas que trabalham na área de viagens e varejos

As pessoas que trabalham com turismo e varejo representam apenas 1% dos infiéis, o que se tornou uma porcentagem muito curiosa, já que a infidelidade não está intensamente presente na vida desses profissionais. #Curiosidade