Nas grandes cidades, o menor descuido por causar imensos prejuízos e transtornos para as pessoas. E isso é o que poderia ter acontecido com uma aposentada moradora de Sorocaba, no interior de São Paulo, mas o desfecho dessa história foi algum surpreendente e que merece uma grande reflexão de todos.

Com a correria do dia a dia, principalmente em épocas de final de ano, a mulher foi até um prédio, no Jardim Astro. Ao deixar seu veículo, não percebeu que o vidro traseiro estava aberto, deixando exposto alguns objetos de valor, roupas, documentos e uma bolsa. Um prato cheio para pessoas mal intencionadas praticarem um furto.

Publicidade
Publicidade

Porém, ao retornar, cerca de duas horas depois, ela se deparou com algo totalmente inesperado e que serve como reflexão para toda a sociedade.

Um desconhecido, ao perceber o risco de furto que o esquecimento poderia causar, tomou uma iniciativa bastante gentil e rara nos dias atuais. Ele abriu o carro e guardou todos os objetivos em um local dentro do veículo que não poderia ser visto por quem passasse na rua. O desconhecido deixou um bilhete dizendo que estavam na parte da frente. “Janela aberta. Coloquei os objetos que estavam sobre o banco aí na frente”, escreveu.

Junto com recado estava o número de telefone do benfeitor, que a mulher preferiu não identificar por questões de privacidade. Ela contou que a pessoa ainda ficou parada perto do carro durante 15 minutos à espera de seu retorno para explicar onde havia guardado os pertences.

Publicidade

Uma vez que ela demorou a aparecer, ele decidiu escrever o bilhete.

A aposentada disse que ficou muito comovida pela atitude e decidiu ligar para agradecer a #Boa Ação, que coincidentemente foi praticada em período natalino. Ela contou ainda que se fosse em outra circunstância, não teria a mesma sorte. Segundo ela, hoje em dia é raro encontrar exemplos como este, uma vez que as pessoas estão cada vez mais céticas e não acreditam mais no senso ético, com a solidariedade e no cuidado ao próximo.

Ela finalizou dizendo que são gestos que como este fazem a diferença. Não é o valor ou a possibilidade de obter vantagem que conta e sim a conduta. #Sorocaba #Natal