O fato aconteceu na China, uma mulher resolveu virar "#Caça amantes" depois de ser traída pelo marido. A chinesa Zhang Yufen, teve a ideia de tirar proveito da situação decepcionante que ela viveu, e viu isso como uma fonte de renda e ao mesmo tempo uma ajuda outras mulheres na mesma situação vivenciada por ela, e o negócio tem dado certo.

A ideia de atuar como detetive e fazer justiça ocorreu assim que Zhang foi abandonada. Seu esposo a deixou por causa de outra pessoa. E para completar usou todo o seu dinheiro com a amante. Indignada com o acontecido, ela resolveu procurar descobrir quem era a mulher com quem seu marido a havia traído.

Publicidade
Publicidade

E ela não só descobriu, como fez o ex pagar uma pensão generosa.

Após resolver o seu problema, ela achou que poderia fazer algo para ajudar outras mulheres, e há 20 anos ela abriu uma espécie de agência de detetive particular e trabalha como “caçadora de amantes”, na província de Henan. E lá eles a chamam de “Mistress killer”, que quer dizer algo tipo matadora de amantes, em português.

Muitas mulheres não querem deixar seu parceiros. Mas sim se vingar das amantes que se envolvem com seus maridos.

Na semana passada, um video de uma mulher batendo e gritando com outra, a amante de seu marido, bombou nas redes sociais do imenso país asiático. A amante foi agarrada pelo cabelo pela mulher "oficial" e espancada com um de seus próprios sapatos, enquanto as duas eram cercadas por vários espectadores.

Publicidade

Para quem vive na China, é bom tomar cuidado para não cair na mira da caçadora de amantes, porque a chinesa é acusada de usar de violência contra as mulheres que são flagradas com o maridos "alheios" e prepara atos de vingança contra as amantes, no meio da rua. Mas, de acordo com ela, o objetivo do seu trabalho é reunir provas das traições para serem usadas perante a Justiça, ela não mede esforços para desmascarar os maridos traidores e obter um resultado positivo para suas clientes, ela tem feito muito sucesso e é bastante procurada para desvendar esses casos extraconjugais. #Relacionamento #traição