Relações íntimas podem ser rodeadas de muitas questões. Homens e mulheres, às vezes, acabam errando na mão e causando situações que não são muito agradáveis. A arte da conquista pode ser mais difícil do que parece. Além disso, muitas coisas que acontecem nela podem causar problemas sérios. Algumas delas, a maioria das pessoas sequer imagina. Pensando nisso, selecionamos um lista de coisas que jamais devem ser feitas pelas mulheres depois do sexo. Elas foram publicadas nesta semana pela revista 'Women's Health'. Leslie Page, ginecologista do Kansas, nos Estados Unidos, foi quem ajudou a elaborar os tópicos, que vão ajudar muitas mulheres. Veja a a seguir três coisas que toda mulher deve evitar depois do sexo:

1 - Ensaboar a vagina: muitas mulheres gostam de acabar a relação íntima e ir tomar um banho.

Publicidade
Publicidade

Jogar água no corpo não é o problema. Mas ensaboar o órgão genital, sim, é um erro muito frequente e causa mais males do que muitas moças podem imaginar. Isso porque a vagina tem um PH próprio.

Lavar a região com um sabão pode, ao invés de evitar doenças, trazer malefícios, já que essa área fica sensível. Os especialistas recomentam que se jogue apenas água no local íntimo. Caso haja necessidade, compre um sabonete líquido específico para essa área. Eles têm o mesmo PH da região e são aprovados por órgãos de saúde.

2 - Não urinar: algumas mulheres acreditam que fazer xixi depois da prática sexual pode causar algum tipo de dor, ou então ficam envergonhadas de deixarem a cama com o parceiro para fazer xixi. Isso deve ser evitado. Especialistas contam que segurar a urina é um dos principais fatores que ajudam a causar a infecção urinária, já que a urina fica muito tempo parada na uretra.

Publicidade

Com isso, as bactérias multiplicam-se.

3 - Banho de banheira com água quente: isso deve ser evitado pelo mesmo motivo do sabonete na região íntima. Além disso, as mulheres costumam entrar com seus parceiros na banheira, o que faz com que a sujeira do corpo de um, vá para o corpo de outro. Essa prática não é recomendada. #Curiosidades