Algumas imagens são criadas para confundir a nossa visão e imaginação, e com isso se tornam virais na internet, pois despertam a curiosidade de todos os seres humanos. Elas são capazes de passar uma ilusão de ótica, apresentar linhas em ziguezague, animais escondidos e imagens que podem revelar traços de nossa personalidade, a partir daquilo que enxergamos.

O motivo para que elas se tornem um grande sucesso na internet é justamente a dificuldade que as pessoas sentem em distinguir o que realmente a imagem ilustra. Pensando nisso, reunimos algumas fotos que se tornaram tema de algumas pesquisas realizadas no Japão, e com elas foi possível descobrir que as pessoas que apresentam uma personalidade neurótica são mais propensas a enxergarem supostos rostos em imagens comuns.

Publicidade
Publicidade

Isso se chama #pareidolia e vamos explicar exatamente o que isso significa. Acompanhe.

Você consegue enxergar rostos nessas imagens abaixo?

Se sua resposta foi sim, entenda mais sobre pareidolia a seguir:

O que é pareidolia?

Estudiosos do Laboratório de Ciências da Comunicação, em Tóquio, reuniram alguns voluntários para descobrir o que eles enxergavam em uma folha de papel manchada com pontos aleatórios. Logo depois eles questionaram quais eram as formas que eles estavam enxergando naqueles pontinhos. No início era necessário ligar os pontos, e depois os voluntários passaram por um questionário para avaliar quais eram os tipos de humor e personalidade de cada participante.

Publicidade

Ao finalizar os questionamentos, eles passaram a analisar os resultados, e com isso finalmente descobriram que as pessoas que exibiam uma maior pontuação de neuroticismo, eram os que tinham uma maior quantidade dos sintomas de humor negativo. Justamente por isso, essas pessoas conseguiam assemelhar “rostos” nas imagens apresentadas no estudo.

O neurocientista Moheb Costandi explica que o fato de as pessoas neuróticas ficarem mais nervosas, tensas, ansiosas e emocionalmente inconstantes diante de alguns fatos e situações que os tiram da rotina, faz com que elas demonstrem um #Comportamento totalmente diferente daquelas que não apresentam o mesmo quadro. Isso pode deixá-las mais propensas a sofrer de pareidolia, pois seus sentimentos dificilmente vão estar estáveis e sadios.

Costandi completa que “Os nervos acabam colocando a pessoa em alerta, elevando os níveis cerebrais que são responsáveis pela sensação de ameaça, apresentando sensações de perigo, até mesmo onde não existe”. Quando isso acontece, os pesquisadores alertam que a sensação de risco acaba aparecendo em formato de rosto.

Publicidade

Isso pode elevar seu quadro clínico quando a pessoa passa a ver e procurar rostos em tudo, até mesmo em imagens que não estão ligadas com nenhuma expressão humana. #Curiosidades