Já ouviu a expressão "os homens são de Marte e as mulheres são de Vênus"? Ela existe para explicar a imensa diferença entre ambos, tanto no modo de agir, quanto no modo de pensar.

Se o romantismo da relação deu lugar a desculpas para não estar juntos e, no momento em que se estão juntos o "pé de guerra" se instala, você tem duas opções: partir pra outra ou fazê-lo perceber o mulherão que ele está perdendo.

Passo 1: torne-se muito desejável

Repare em sua aparência física e destaque seus pontos fortes. Use o olhar (janelas da alma) para seduzir. Olhe para dentro de si e diga em voz alta as 5 características da sua personalidade que você e que outras pessoas gostam.

Publicidade
Publicidade

Caso deseje, mude em sua aparência o essencial para deixá-la bem consigo mesma.

Isso é conscientização do valor que você possui. Depois de apoderar-se dessa conscientização você vai readquirir uma atmosfera atraente. Faça o teste e repare nos comentários dos amigos.

Passo 2: deixe de implorar por atenção

Qualquer pessoa, em especial os homens, quando estão interessados, procuram, se viram, acham tempo e estão presentes. Não estão presentes pelo compromisso, mas pelo prazer em desfrutar a vida com você. Infelizmente, as mulheres, bem mais do que os homens, mendigam afeto. Acredite: se você der tempo a ele e não ficar ligando o tempo todo, ele vai ficar intrigado com a mudança e vai "encontrar" tempo para você. Pratique o autocontrole. Se já deixou claras as intenções nessa ligação, espere que ele tome a iniciativa de procurar, de propor, de conquistar!

Passo 3: exponha suas opiniões

Ainda que seja feminina, coloque seu ponto de vista de igual para igual.

Publicidade

Você não precisa e nem deve ser passiva ou submissa. Aja! Esse é um verbo para ser colocado em prática! Diga a ele como se sente em determinadas situações, quais são seus anseios na vida e o que precisa mudar no #Relacionamento de vocês. Não é preciso dar sermão, mas é preciso expor o que pensa no momento apropriado.

Passo 4: não viva em função dele

É tão comum darmos ao outro o fardo de ser o responsável pela nossa felicidade, não é? Pois bem, o outro não é o responsável pela sua felicidade. Essa função é sua! É você quem define se vai ser feliz ou não. Pare de ficar ao lado do telefone 24 horas por dia, na esperança de que ele ligue. Tenha outras atividades. Conheça outras pessoas. É de suma importância que ele e, sobretudo você, saibam que o relacionamento chegou para agregar em seu mundo. Ele não é o mundo em si!

Passo 5: não prometa muito, mas cumpra o que prometer

Algo muito comum em #Relacionamentos saturados são as ameaças: "vou terminar", "vou sumir da sua vida", "quando você menos esperar...".

Publicidade

Pense no que deseja e o que é preciso para essa mudança. Estabeleça alguns direitos e deveres e deixe-o consciente disso. Não fique dizendo que vai sair da relação a cada 5 minutos: "cão que muito late, não morde".

Se depois de aplicar esses 5 passos ele não ficar aos seus pés, levante, sacuda a poeira do sofrimento e vá dar uma volta. Você vai descobrir, com algum tempo, que há muito mais pessoas especiais do que você imagina! Permita-se ser valorizada. Quebre o círculo vicioso da "sofrência" e vá ser feliz! #amor