Além de ser um ato extremamente prazeroso e demostrar carinho, o beijo de língua também faz muito bem para a nossa saúde. Você pode não notar, mas o beijo pode ser uma ótima maneira de contornar o estresse, queimar calorias e também proporcionar sentimentos benéficos a nossa saúde.

Cibele Fabichak, médica graduada pela Faculdade de Ciências Médica da Santa Casa explica que “Os lábios são uma das partes mais sensíveis do nosso corpo, e com isso sentimos um prazer incrível quando essa parte é tocada”. De acordo com a médica, os lábios possuem vários neurônios sensitivos que são capazes de detectar o toque e enviar mensagens para o cérebro e também para o corpo todo.

Publicidade
Publicidade

As células nervosas que recebem a informação acabam provocando emoção, prazer e outras diversas reações físicas.

Quais são os benefícios do beijo?

Durante o ato, nosso coração passa a bater em velocidade maior do que o normal, a pressão do sangue aumenta, a respiração se torna mais intensa, nosso pensamentos lógicos passam a não fazer mais parte durante o beijo e o desejo elimina a autoconsciência e a prudência, explica Cibele. Isso acontece porque a grande maioria dos nervos localizados na cabeça e que são responsáveis pelas funções cerebrais, passam a ficar totalmente focalizados na hora do beijo. Até o nariz e a bochecha começam a enviar informações para o cérebro, conferindo o nosso paladar, temperatura corporal, movimentos e cheiros.

“Quando sentimos que o beijo é bem dado e nos proporciona prazer, contraímos mais de 146 músculos do nosso corpo.

Publicidade

Por isso, beijar é uma ótima atividade física”, revela a médica.

Quando os músculos são acionados durante o beijo, passamos a ser extremamente beneficiados com isso. No rosto são 34 músculos se movimentando, e no resto do corpo são aproximadamente 110 músculos trabalhando sem parar, causando um gasto de calorias considerável.

Além desses benefícios, o ato de beijar faz com que vários hormônios corporais sofram algumas adulterações, é o caso do cortisol, que é o hormônio responsável pelo estresse, e a oxitocina, que está diretamente relacionada com as conexões sociais emotivas.

Uma pesquisa realizada pelo Lafayette College, localizado nos Estados Unidos, comprovou o nível desses hormônios antes e depois do beijo de língua e o resultado foi surpreendente:

De acordo com os resultados da pesquisa. O cortisol deveria ter o seu nível diminuído e a oxitocina deveria aumentar, mas não foi isso que aconteceu. O hormônio se elevou nos homens e caiu nas mulheres. Fazendo com que os estudiosos concluem que as mulheres necessitam mais do que um beijo para se conectarem ou se sentirem excitadas dentro dessa ligação social. E o cortisol demostrou que o beijo de língua realmente pode ter alguma influencia com o estresse. Provando que o beijo de língua realmente é capaz de mexer com o nosso organismo e oferecer benefícios inacreditáveis a nossa saúde física e mental. #Relacionamento #Comportamento