Por mais que o #Relacionamento não ande bem, fato é que uma separação é sempre dolorosa. E isso independe se a decisão foi tomada pelos dois ou não. E uma coisa que quem passa por essa #dor quer, é saber quando vai parar de doer e quando será possível retomar a vida e voltar tudo ao normal.

Infelizmente, essa é uma questão muito particular e depende de pessoa para pessoa, visto que vai depender de como era o casamento e até das circunstâncias em que ocorreu o #Divórcio. O site YourTango conversou com especialistas no assunto, que revelaram alguns fatores que afetarão a duração desse processo de recuperação pós divórcio.

1 - Em quais circunstâncias ocorreu a separação? Algumas questões como o tempo que durou o casamento, se o casal tem filhos ou não, se a separação foi amigável ou não, podem determinar se o processo de divórcio, tanto no âmbito legal quanto emocional, irá demorar ou não.

Publicidade
Publicidade

2 - Quem resolveu terminar a relação? A menos que a separação seja uma decisão em conjunto, a pessoa que pediu o divórcio pode estar se preparando para isso há meses e a outra pessoa, que pode ter sido surpreendida, vai levar mais tempo para superar a separação e vencer o fim da relação.

3 - Desde quando você está se preparando emocionalmente para a separação? A decisão de terminar um relacionamento não é fácil, mas avalie desde quando você está se preparando mentalmente para essa situação, desde quando você já tem determinado em sua mente que o casamento não ia durar. Se você já estava se preparando há mais tempo, com certeza, será mais fácil superar o fim do relacionamento.

4 - Você tem ajuda? Mesmo que seja difícil pedir ajuda nesse momento de dor, é importante ter alguém que lhe ajude a superar e a buscar os seus novos objetivos.

Publicidade

Isso fará com que você supere a dor do divórcio o mais rápido possível.

5 - Fez tudo que era necessário? Pode ser que, na ansiedade de resolver tudo o mais rápido possível, vocês vão logo para as burocracias do final do processo e pulem os processos iniciais. Procure um advogado e resolva corretamente todas as coisas necessárias desde o momento da separação e evite com isso futuras dores de cabeça.