Soltar pum é um dos últimos tabus sociais da humanidade. Faz todo sentido, afinal, eles costumam ser fedorentos. Há poucos momentos na vida em que um pum não coloca tudo a perder. Soltar um peido na presença de alguém que queira impressionar é como tentar colocar a pasta de dentes de volta no tubo. Uma missão impossível. Estudos recentes, porém, indicam que soltar bufas na frente do namorado é sinal de que a relação está consolidada.

Quando se começa uma relação, os envolvidos estão sempre com uma aparência impecável, limpinhos, depilados, cheirosos, em que os odores ficam escondidos e os peidos são dados no banheiro. Porém, a boa notícia é que um estudo do site MIC vem afirmar que a partilha de peidos entre casais só demonstra que a pessoa se sente confortável na presença do outro e que realmente o relacionamento está dando certo.

Publicidade
Publicidade

É no momento do pum partilhado que o casal goza da mais pura intimidade. Antes do primeiro pum, é tudo encenação, como se fosse um teatro. Depois dos gases liberados, os namorados passam a se ver como meros humanos. O relacionamento se estabelece num patamar mais elevado.

Mas não se deve sair peidando logo no primeiro encontro. É preciso tempo para uma aceitação de partilha de odores entre as partes. O peido embaixo do edredon serve apenas para medir o grau de intimidade. Não é um fator determinante porque ele nunca chega sozinho. É apenas o último obstáculo a ser vencido. Era o que estava faltando para a relação íntima chegar à plenitude. Depois do peido, não há mais temas proibidos. Já se pode falar abertamente de caganeira e chulé que a escatologia básica já se estabeleceu no cotidiano.

Publicidade

Soltar gases também é um hábito saudável, pois ajuda a diminuir o inchaço depois de uma lauta refeição. Para evitar afrouxar o cinto e abrir a braguilha, recomenda-se soltar os gases. O hábito de soltar puns é saudável também para a região do cólon, pois, quando os intestinos ficam presos, essa zona toda fica muito irritada, podendo levar a enfermidades. Um estudo realizado pela universidade inglesa de Exeter chegou à conclusão que expelir os gases com frequência ajuda a evitar futuros problemas de saúde. O sulfeto de hidrogênio é benéfico em pequenas quantidades, ajudando a evitar derrames, ataques cardíacos e inclusive demência. #ginecologista