Uma das partes do corpo da #Mulher que tem mais sensibilidade são os seios, que pelo menos uma vez no mês ficam inchados e doloridos, causam desconforto, mas não deixam de ser um símbolo de sensualidade e feminilidade para elas.

São eles que anunciam quando há mudanças no corpo, em especial, #Gravidez, e, depois, servem para dar alimento ao bebê. Mas muitas vezes, essas dores podem trazer preocupações.

Mas afinal de contas, por que será que eles doem tanto assim? Seria algo grave, apenas TPM ou anúncio de uma gravidez? São dúvidas que sempre vêm à cabeça das mulheres quando elas sentem tais sintomas nas mamas.

Principais causas das dores nos seios

As dores nos #seios são mais conhecidas como mastalgia e podem ser causadas por vários motivos. O mais comum é quando a mulher sente dor no período pré-menstrual, ou na TPM, algumas até sentem ao longo de todo o fluxo também, o que é natural e normal. Isso ocorre porque os níveis de estrogênio e progesterona ficam irregulares, eles diminuem e aumentam o tempo todo. E é isso que traz não só as dores nos seios, mas também as dores de cabeça, cólicas, desejos alimentares e alterações de humor.

Para que esse quadro de sintomas não se agrave durante a Tensão Pré-Menstrual ou até mesmo no período da menstruação, é preciso que a mulher evite ingerir café e refrigerante.

Mas além disso, as dores nas mamas neste momento podem ser relativas ao uso de sutiãs inadequados, a retenções de líquido e a influência dos hormônios que acabam deixando-as mais volumosas.

Dores nos seios na gravidez

Durante a gravidez, as mamas sofrem alterações muito intensas. Elas podem aumentar muito de tamanho e seus vasos sanguíneos podem até mesmo ficar mais visíveis. Normalmente, os mamilos ficam mais escuros também e tudo isso porque os seios estão sendo preparados para amamentar o bebê quando ele nascer.

Com tanta mudança, as mamas ficam doloridas, pois é uma região muito delicada do corpo da mulher. Algumas até mesmo sentem coceiras no local, enfim, uma situação um tanto incômoda que dura por um longo tempo.

Para amenizar todo este desconforto, é importante que a gestante se alimente bem, também evite bebidas ricas em cafeína, refrigerantes, o uso do cigarro e que ela adote o uso de sutiãs adequados mais confortáveis, que não apertem as mamas ou que contenham ferrinhos que machuquem.

E se for algo grave?

Ao sentir dores nos seios, procure não se alarmar tanto, afinal, nem sempre isso pode significar que você tenha alguma doença grave. Antes disso, procure um médico para tirar as suas dúvidas, pois na maioria das vezes, esse desconforto pode ser algo natural que está ocorrendo com o seu corpo.

Importante: fique atenta se a dor de sua mama esquerda começar a irradiar para o braço esquerdo, pois esse tipo de dor pode estar relacionado a problemas no coração. Mas não se desespere, procure um especialista e tire suas dúvidas.