Sem dúvidas nenhuma, 2016 foi um ano em que aconteceu diversas coisas, mas se tem uma data que jamais será esquecida é o dia 29 de novembro, na qual nossos queridos e amados jogadores, técnicos, profissionais de empresa, tripulação, acabou deixando bastante trabalho conquistado e também nos deixando com bastante saudades. Uma data onde grande parte do #Mundo acordou com muita tristeza.

O #Vidente Carlinhos, que ficou conhecido após prever a tragédia da Chapecoense, afirma ter descoberto seu dom com 5 anos e que, infelizmente, perdeu 5 irmãos por fome, tendo uma vida bastante sofrida junto com sua família. Ele disse em entrevista que seu dom foi descoberto por um senhor de barda branca, que disse a ele que ele será o curador das enfermidades.

Publicidade
Publicidade

Ele disse também que sua primeira previsão envolveu sua própria mãe, que frequentava um médico; ele sonhou que sua mãe iria para o hospital, o quê acabou acontecendo.

Prevenções de Carlinhos para 2017

Uma de suas previsões mais assustadoras é que o mar do Brasil terá ondas de 4 metros e meio acima do asfalto; Carlinhos afirma também que o mar irá cobrar e se revoltar, que serão ondas muitos altas e serão derrubadas muitas casas e apartamentos, e começará por volta da meia noite e terminará essa tragédia às 01h30.

Carlinhos fez previsões para Lula, onde ele afirma que o ex-presidente da República será preso, mais que não ficará por muito tempo, e que poderá ficar com tornozeleira eletrônica, monitorado, e disse também que não será só ele da família que será preso, disse também que só a esposa não será presa.

Publicidade

Confira outras previsões para 2017 envolvendo nomes famosos

Leonardo: o cantor irá parar com a música por motivo de saúde.

Paula Fernandes: será castigada e terá problemas com o amor.

Jorge e Matheus: infelizmente um dos dois terá problemas de saúde e poderá desfalcar a dupla mais pra frente.

Roberto Carlos: não terá uma saúde maravilhosa e deverá tomar cuidado também.

Zeze Di Camargo e Luciano: não vê sucesso para os dois, nem indo para frente; brigas e mais brigas. #2017