A sabedoria popular ensina que ninguém "fica no mundo para semente". Todos morrem um dia, seja "de susto, bala ou vício", como na bela canção Soy Loco por Ti, América, seja de qualquer outra coisa. No fundo, talvez tivesse razão um personagem do romance Caetés, de Graciliano Ramos, que garantia não fazer diferença morrer "crucificado ou de prisão de ventre" porque é tudo morte do mesmo jeito. Ainda assim, quando ousam contemplar a própria morte (exercício, aliás, recomendado pelos filósofos da escola Estoica, que defendiam que pensar nos medos era o caminho para superá-los e encontrar a paz), dificilmente imaginam as pessoas que será causada por algo bem comum e de aparência inofensiva, como as seguintes:

1 - Televisão

Não, a causa não é a programação ruim ou acidentes devidos à perda de visão por assistir à TV no escuro ou sentar-se muito perto do aparelho.

Publicidade
Publicidade

Dados da Comissão de Segurança de Produtos dos Estados Unidos indicam que, entre 2000 e 2011, 215 pessoas morreram no país presidido por Donald Trump por causa de televisões que caíram sobre elas.

2 - Árvores

Só nos Estados Unidos, uma média de 100 pessoas a cada ano têm suas mortes causadas por árvores - seja por que as plantas caíram sobre elas ou por que elas caíram das plantas.

3 - Escadas

Em uma crônica, o escritor Luis Fernando Verissimo mencionou que nos antigos filmes sempre alguém acabava rolando de uma escada e morrendo, ou tendo o trabalho de parto antecipado em consequência disso. Escadas fixas em casas ou outras construções são a causa de cerca de 12 mil mortes mundo a fora. Já as escadas móveis, para reformas, podas, etc. são, só nos EUA, responsáveis por mais de 300 mortes anuais.

Publicidade

4 - Traição

A amostra talvez seja pequena demais para ser estatisticamente significativa, mas de 34 casos de morte súbita durante a prática de relações sexuais, mais de 70% aconteceu com homens que estavam traindo a esposa. Mais uma razão para ser fiel.

5 - Lagartas

Desde meados dos anos 60, mais de 500 mortes causadas por lagartas foram registradas. Trata-se principalmente de uma espécie cujo nome científico é Lonomia Obliqua, dona de um poderoso veneno causador de hemorragias internas que é injetado por meio de seus espinhos. #Curiosidade #coisas