Dizem que os melhores relacionamentos começaram com a #amizade, mas ninguém menciona como pode ser difícil sair da zona da amizade para a zona de #namoro.

Se você está interessada em namorar seu amigo, há chances de você ficar com medo de perder a amizade caso as coisas não funcionem romanticamente.

Por esse motivo é inteligente ser estratégico antes de qualquer passo nesse sentido.

“Algumas vezes, a amizade que tem certa química, vai acabar escorregando para a ‘amizade colorida’, o que muitas vezes não funciona se você estiver procurando um #Relacionamento”, diz a educadora Wendy Strgar, autora de Love That Works (Amor que Funciona).

Publicidade
Publicidade

”Há riscos quando você se envolve romanticamente com um amigo, mas os riscos podem valer a pena”.

Aqui alguns pontos a se pensar caso você realmente queira levar a amizade para o próximo nível:

Ouça seu instinto

“Preste atenção e confie em seus instintos”, diz Strgar, “se você está sentindo uma descarga elétrica todas as vezes que se encontram, há uma boa chance de que não seja a única a sentir isso”.

Não apresse as coisas

“Se relacionar sexualmente antes de estabelecer a conexão emocional, acaba tornando a volta à amizade mais difícil, da outra forma, se estabelecer primeiro a conexão emocional e perceber que não está dando certo, volte à zona da amizade”, diz Wendy. Vá com calma. O que você tem a perder?

Saiba o que quer

Reflita cuidadosamente sobre o que você está procurando em um relacionamento antes de mergulhar nele.

Publicidade

Você quer um relacionamento sério? Você quer apenas uma “amizade colorida”? Seja claro consigo mesmo antes de dar o próximo passo com um amigo. “Quando você começa uma conversa sabendo exatamente o que você quer, não importa a reação da outra pessoa, você está sendo honesto e verdadeiro, tanto com você, quanto com ela”, diz Strgar. Se funcionar, excelente, se não, você vai saber que tentou e foi autêntica. Não há motivo para vergonha quando se vai atrás do que se quer.

Não ignore o passado dele ou dela

Ainda que você não deva julgar seu amigo pelos relacionamentos passados dele ou dela, ou assumir que as mesmas coisas vão acontecer com você quando estiverem juntos, é muito sábio e honesto olhar seu histórico romântico. Esse passado pode conter dicas preciosas para quando enfrentarem obstáculos juntos. Ele ou ela é um sedutor nato? É um monogâmico que odeia ficar sozinho? É um “workaholic” (do inglês, pessoa trabalha muito além da conta) o que pode significar que você ficará em segundo lugar na vida dele?

“Não rotule apressadamente, mas também não acredite cegamente que será a exceção se você já viu seu amigo tratar mal outras pessoas”, diz Strgar.

Publicidade

Pode ser realmente que essa pessoa seja diferente com você, como namorada, do que foi com outras, mas vá com ambos os olhos bem abertos.

Controle suas expectativas

Algo que Wendy Strgar enfatiza o tempo todo quando se trata de relacionamentos é: “Enumere as vantagens da amizade e as vantagens do namoro, com ele ou ela para ter uma ideia do que é melhor, mas não queira que tudo saia como o esperado. Nenhum parceiro, nem mesmo um amigo íntimo, é perfeito”.

Já se sabe que não será fácil, mas uma vez ponderado, o romance pode ser maravilhoso, uma vez que já se conhecem sem as barreiras de um relacionamento.