Embora vivamos em uma sociedade moderna, o sexo ainda é visto como um tabu para muita gente, sendo assim um assunto proibido.

Além da reprodução, prazer e os motivos mais conhecidos para fazer sexo com frequência, como por exemplo, a melhora do humor, há ainda outras razões para que o ato seja feito mais vezes e até mesmo discutido, a grande questão é que poucas pessoas sabem destas razões e até benefícios. Por esse motivo, trouxemos uma lista com alguns dos vários benefícios que a relação sexual pode trazer ao ser humano, mas que não são tão conhecidos assim. Confira.

1 – É bom para a pele

A Universidade de Queens no Reino Unido concluiu, após um estudo, que atingir orgasmos pode deixar a pele com aspecto jovial.

Publicidade
Publicidade

Isso ocorre devido ao aumento da temperatura corporal e dilatação dos vasos sanguíneos e ainda à liberação de alguns hormônios. Além disso, durante a relação, o suor faz um trabalho de limpeza corporal, limpando as impurezas do corpo.

2 – Queima calorias

Durante 30 minutos de ato sexual, podem ser queimadas cerca de 85 calorias. Claro que a quantidade pode variar de acordo com a posição, mas essa pode ser uma boa opção para emagrecer. É importante dizer que não apenas o ato sexual queima calorias, mas também a preparação para tal, ou seja, tirar as roupas, os beijos e outros movimentos.

3 – Fortalece o sistema imunológico

O ato pode ser considerado um exercício físico, logo traz benefícios. Além disso, há um maior estímulo de produção de anticorpos durante o ato sexual, portanto, fazer sexo frequentemente faz com que a vida seja mais saudável e com mais proteção natural.

Publicidade

4 – Funciona como um relaxante

Durante o ato sexual, são liberados muitos hormônios, alguns deles fazem com que o corpo tenha uma sensação relaxante e de alívios. Segundo um estudo da Biological Psychology, o sexo pode ser considerado como um calmante.

5 – Diminui as chances de problemas do coração

Como dito anteriormente, o sexo é um exercício físico e traz consigo as vantagens. As chances de infartos e insuficiência cardíaca podem diminuir caso haja a prática de sexo, diz um estudo da Universidade de Bristol, na Grã-Bretanha. #Curiosidades #Saúde