As causas para o insucesso ou para a decepção de uma noite de prazer podem ser coisas bem simples. Verdadeiros detalhes, que, se forem ignorados, irão comprometer a relação e até mesmo causar efeitos indesejados e problemas mais sérios. Seja na alimentação, ou até mesmo nos hábitos de higiene, é bom conhecer essa lista para evitar aborrecimentos.

1 – Cuidado com os antialérgicos

Muitas pessoas precisam tomar medicação específica contra alergias das mais diversas formas, entretanto, tomar o medicamento horas antes do #sexo pode ser uma péssima escolha, já que os princípios ativos desses remédios provoca o ressecamento temporário das mucosas, inclusive da vagina.

Publicidade
Publicidade

O resultado: dificuldade maior na penetração, dores e desconforto.

2 – Alimentação

Alguns alimentos acabam interferindo diretamente na relação sexual, principalmente para os adeptos do sexo oral. Frutas cítricas, comidas muito ácidas e alguns tipos de carne vermelha alteram a secreção vaginal, mudando o seu cheiro e o seu gosto, o que pode ser desconfortável em algumas situações.

Já alimentos probióticos e ricos em lactobacilos têm efeito contrário, pois equilibram o pH da vagina, da mesma forma que os líquidos, como chás e sucos, e também frutas e fibras, evitando odores fortes e sendo, portanto, mais recomendados.

3 – Bebidas alcoólicas

Muitas pessoas usam o recurso da bebida alcoólica antes da relação sexual, pois se sentem mais desinibidas e à vontade em relação a si mesmo e ao parceiro(a), entretanto, o abuso dessas substâncias pode causar problemas, como a demora excessiva na ejaculação e a dificuldade no orgasmo feminino.

Publicidade

Portanto, evite exageros e saiba seus limites, pois, do contrário, a bebida pode se tornar uma inimiga do seu prazer.

4 – Depilação

É aconselhável que não se tenha relação sexual em um prazo entre 12 e 24 horas depois de realizar depilação nas partes íntimas, já que a pele precisa de tempo para se regenerar, e toda a região fica muito sensível.

5 – Brinquedos e acessórios

É comum usar algum tipo de acessório ou brinquedo sexual para "apimentar" a relação, mas eles devem ser bem higienizados e estar em perfeito estado. Da mesma forma, não é aconselhável utilizar alimentos na penetração, bem como doces e outros produtos, já que podem alterar o pH, causar irritação e até infecções.

6 – Higiene bucal

Estar com a boca limpa e higienizada é fundamental, mas deve se ter cuidado com a escovação exagerada ou com o uso do fio dental antes da relação sexual, pois a gengiva ferida pode sangrar e expor o companheiro a doenças sexualmente transmissíveis, principalmente no caso de sexo oral sem proteção. #Dicas