Parentes de um idoso, 75 anos, estão perplexos com a cena protagonizada por ele, na aldeia de Yujing, província de Sichuan (China), em 8 de janeiro.

É que após o filho da vítima, Huang Mingquan, e outros familiares constatarem a morte do aposentado, que além de não respirar apresentava as extremidades do corpo (pés e mãos) geladas, uma cena inusitada acontece: ele “ressuscita”. A informação original pertence ao jornal asiático Miaopai.com.

Contudo, o “morto-vivo” era velado de caixão fechado, em casa, há 8 horas, quando, de repente, acorda e tenta escapar da tumba.

Surpresos e espantados com o episódio, os consanguíneos abrem a tampa de madeira.

Publicidade
Publicidade

Nesse momento, são questionados pelo idoso.

“O que está acontecendo, vocês estão preparando meu funeral?", indaga o velho homem, supostamente morto há horas.

No entanto, ao abrir os olhos, além de ver a família e pessoas chorando, o chinês constata que por pouco não é enterrado vivo, pois coroas de flores, ornamentos e todo tipo de aparato fúnebre, preenchem o cenário ao seu redor.

De acordo com o jornal britânico Daily Mail, depois dos familiares de Mingquan preparar o tradicional ritual chinês, com direito a porco abatido sobre a mesa, e a queima de itens de papel, que eles acreditam acompanhar os falecidos no pós-morte, o ancião dá o primeiro sinal de vida.

Ruídos são percebidos vindos de dentro do caixão, por volta das 17h. O barulho atrai a atenção de parentes e funcionários, responsáveis pela organização do velório.

Publicidade

Ao observarem a tumba, eles notam a tampa do objeto movida cerca de duas polegadas. Contudo, ainda céticos quanto a possibilidade da vítima estar viva, apenas arrumam a peça.

No entanto, em determinado momento, depois de constatarem ela fora do lugar novamente, familiares percebem que o idoso está vivo, e lutando para se livrar do “repouso final”.

Quando abrem o caixão, descobrem que o asiático usa as mãos e os pés, na tentativa de escapar da “prisão” em que fora colocado.

Atualmente, o homem descansa em casa. Sua condição é estável. Porém, tudo indica que na próxima vez que ele morrer, parentes colocarão uma campainha junto ao corpo do idoso.

Vai que ele resolve “ressuscitar” novamente...

Abaixo, veja a reportagem da emissora chinesa Miaopai.

#Mídia #Curiosidades #Viral