Uma menina de 10 anos, com autismo, e que era muito tímida para falar em classe, está tomado a internet com sua poderosa interpretação de "Hallelujah", do cantor canadense Leonard Cohen, morto no ano passado. Kaylee Rodgers é da Irlanda do Norte, ela tem Autismo e Transtorno do Déficit de Atenção com Hiperatividade (TDAH).

A garota não fala muito, mas sua professora diz que, quando ela canta, tudo muda. No #Vídeo, que se tornou famoso na internet, Kaylee canta a canção com o apoio de seus colegas do coral de sua escola Killard House. Com seu encantador vocal, a garotinha tinha o hábito de se apresentar nos recitais de Natal de sua igreja.

Publicidade
Publicidade

Entretanto, no ano anterior ao vídeo, Kaylee ficou rouca, perdendo sua voz antes da comemoração e não foi capaz de apresentar-se ao recital de Natal.

O professor orientador musical de Kaylee, em homenagem a ela, mostrou o vídeo de uma aula de ensaio, que foi filmado algumas semanas antes da apresentação que ficou famosa na internet. As cenas haviam sido divulgadas da mesma forma em redes sociais como Facebook e #youtube, no qual aceleradamente foram vistas e emocionaram mais de 800 mil visualizações.

O que, de fato, havia emocionado o público espectador dos vídeos postados, foram o amor e a paixão em que Kaylee cantava a canção, e que durante a apresentação ela era assim como todos presentes no coral, apenas uma das muitas crianças com amor ao canto e a música, e não uma menina tímida com elevado nível de #Altismo.

Publicidade

A mãe da garota disse a revista The Independent que Kaylee sempre gostou de cantar, mas que não tinha coragem de fazer na frente de muitas pessoas, mas que, com muita insistência de sua mãe, ela começou a se apresentar no coral, a fim de que se fosse construído sua autoconfiança. As apresentações ajudaram de forma muito consistente no tratamento de suas doenças.

Kaylee Rodgers está evidentemente evoluindo em sua autoconfiança, conversando até com o repórter da revista citada anteriormente. Kaylee agradeceu a todos pelo apoio que está recebendo por conta dos vídeos de suas apresentações e que é eternamente grata a Deus por ter-lhe possibilitado todas as coisas boas em sua vida.