Muitas coisas determinam qual estilo de depilação íntima é o melhor para uma mulher. O mais importante é, certamente, a adequação deste método ao tipo de pele da mulher. Usar um método que não combine com sua pele pode causar desidratação e irritações. Além disso, claro, cada mulher tem suas preferências estéticas. Outro fator talvez seja a opinião (ou provavelmente de um “ele” em especial).

Evidentemente, não temos poder para – nem pretensão de – falar em nome de todos os homens do mundo (como acontece com as mulheres, também cada homem tem lá suas preferências individuais), mas descobrimos uma resposta estatística, que talvez lhe interesse.

Publicidade
Publicidade

O site C-date, uma plataforma para descolar “encontros casuais sem compromisso” (nas palavras do próprio site), fez uma pesquisa entre seus usuários homens e chegou a algumas conclusões sobre as preferências masculinas.

O tipo de depilação menos apreciado pelos homens, segundo a pesquisa, é... depilação nenhuma. Apenas 4,45% dos homens escolheram como suas favoritas as mulheres que não depilam suas partes íntimas. O segundo estilo menos apreciado foi o de depilações divertidas, formando figuras como estrelas, corações e coisas do gênero. Apenas 4,75% dos homens disseram preferir este estilo. Deixe para se expressar artisticamente quando não estiver se depilando, parece ser a mensagem. O tipo moicano (chamado assim por causa da semelhança com o conhecidíssimo corte de cabelo, já que só deixa uma faixa de pelos – outro nome do estilo é “bigodinho”, por razões óbvias) foi o preferido de 22,75% dos homens que responderam à pesquisa.

Publicidade

Os 68,05% (mais de duas vezes mais que a porcentagem que escolheu qualquer dos outros estilos e quase três vezes mais do que o segundo método mais popular) restantes escolheram o tipo “lisinho”, sem pelos na virilha. A explicação dos entrevistados foi que era mais estimulante visualmente.

Ah, sim, o grupo de usuários do site pode não ser representativo do universo masculino e, muito provavelmente, o site não conduziu sua pesquisa com o rigor que se espera, digamos, de um estudo científico (e, mesmo assim, muitos estudos científicos, especialmente, no campo do comportamento humano, têm sido criticados porque resultados diferentes são obtidos por grupos tentando reproduzi-las). Mas que os resultados são interessantes, isso eles são. #Depilação íntima