Você vai dizer que estamos sendo ridículos e dizer que defecar - para não usar termo mais grosseiro - é fácil, que você já fez isso há muito tempo e não precisa de dicas para isso, mas se tivermos uma dica de como acertar Mega Sena acumulada...

Sem desprezar o valor de acertar a Mega Sena acumulada para dizer ao hipotético leitor acima que ele está muito enganado, afinal, praticamente todo adulto fala há muito tempo - e alguns, o tempo todo - e nem por isso deixa de haver professores de enunciação. Há também profissionais que ensinam técnicas de respiração, apesar de todo mundo respirar o tempo todo, como condição essencial para sobreviver, e há quem ensine sobre postura corporal embora postar-se seja algo que todo mundo faz.

Publicidade
Publicidade

Mesmo sobre técnicas de corrida, fundamentos do futebol, cantar, etc.

Assim sendo, o leitor há de concordar que mesmo atividades simples, comuns, praticadas por uma pessoa há muito tempo podem ser praticadas melhor, conhecendo-se a técnica certa.

E, segundo a Ciência, você provavelmente está fazendo suas necessidades do jeito errado. O ideal seria defecar de cócoras (ou seja, segundo o Dicionário Aulete, "apoiado nos dois pés e com os joelhos bem dobrados"). Como você não é o Jeca Tatu, o caipira imaginado por Monteiro Lobato que não conseguia pensar sem se pôr de cócoras (o Jeca, não Lobato, fique claro), você provavelmente não faz isso nem fará isso de jeito nenhum. Bom, segundo o doutor Flavio Quilici, presidente da Federação Brasileira de Gastroenterologia, colocar os pés sobre um banco de dez centímetros e inclinar o corpo para frente já ajuda.

Publicidade

Mas, afinal, por que a implicância com sua postura? Porque a posição sentada dificulta a passagem das fezes. Faz sentido, né? Os seres humanos não tinham vaso sanitário antigamente, nosso corpo não está otimizado para ele - com o ardil ensinado acima, você pode tentar adaptar um pouco seu corpo a ele.

Outra coisa: feito o que você foi fazer, caia fora. Nada de continuar sentado, checando emails ou pensando na morte da bezerra: fazer isso força os músculos pélvicos e é fator de risco para o surgimento de hemorroidas. #Saúde