Todo homem deseja fazer com que sua parceira conheça o verdadeiro prazer entre quatro paredes, porém, não é algo tão fácil para eles, pois as mulheres não nascem com um manual de instruções, e, muitas vezes, elas possuem certa dificuldade para atingir o clímax. Para facilitar a vida masculina, estudiosos da Universidade da Albânia, localizada nos EUA, investiram em uma pesquisa para finalmente descobrir o segredo do orgasmo feminino.

Para que isso acontecesse, eles reuniram um grupo de mulheres que estavam vivendo um #Relacionamento heterossexual, questionando sobre os orgasmos de seus companheiros e quais seriam as habilidades deles em fazê-las chegar ao orgasmo.

Publicidade
Publicidade

A resposta oferecida por elas não foi tão surpreendente como eles esperavam.

O resultado foi publicado no jornal New York Post, e revelou que as mulheres tendem a chegar ao orgasmo com mais facilidade quando estão ao lado de um parceiro atraente e confiante. Elas descrevem que essas características aumentam abundantemente a intensidade do orgasmo, completando que os homens que possuem ombros largos também colaboram para que o prazer seja mais intenso. “O orgasmo está relacionado com quanto as mulheres julgam seus parceiros como homens atraentes, quantas vezes o casal fazia amor por semana e o grau de satisfação entre quatro paredes”, revelam os estudiosos.

Eles também concluíram que as mulheres que estavam ao lado de homens engraçados tendem a fazer amor com mais frequência e, por consequência, atingiam o orgasmo mais vezes.

Publicidade

“O humor do companheiro não só mostra confiança, como também deixa as mulheres mais relaxadas para tomar a iniciativa, o que causa um aumento na frequência dos orgasmos, quando é realizada uma comparação com as outras”, explicam os estudiosos.

O resultado não causou surpresa aos estudiosos, o que realmente ocasionou espanto aos envolvidos na pesquisa foi o número de mulheres que estão ao lado de parceiros que não lhe causam nenhum tipo de atração, divertimento e prazer, demonstrando que muitas delas estão vivendo em relacionamentos frustrantes e infelizes. #Curiosidades #Comportamento