Um vídeo incrível está se tornando viral na Internet. Colocado no Liveleak.com, o vídeo mostra o momento em que um homem do Alabama, Estados Unidos da América, chegou em casa e pegou a mulher no flagra. A esposa estaria na cama com um amante e a reação do marido foi de extrema violência contra o outro homem. Alguém, que não foi identificado, filmou esse momento, que depois de cair na internet está causando a maior sensação.

Marido flagra traição da esposa

O vídeo, que agora está também no Youtube, começa com o marido chegando em casa e encontrando o pior cenário que um marido pode esperar. Sua esposa estava com um outro homem, quando ele a pegou em flagrante.

Publicidade
Publicidade

A reação enfurecida do marido contra o rival está viralizando na internet. Inicialmente, o homem pega o outro na cama, dando vários socos nele.

No momento em que o outro tenta fugir, ele vai atrás e projeta seu corpo contra o chão, continuando com socos e pontapés. A cena é de extrema violência, digna de um bom combate de luta. Mas, em todos os momentos desse 'combate', o amante parece que nunca tenta se defender. Ele vai se protegendo e até tentando fugir, mas nunca tenta bater no homem que o está agredindo com alguma violência.

Vídeo divide opiniões na Internet

O marido ficou enfurecido com a cena que flagrou e, para registrar esse momento, estava alguém por perto e com uma câmera pronta para gravar. Essa coincidência já deixou duas possibilidades em aberto, nas opiniões das pessoas que estão comentando esse vídeo.

Publicidade

Para alguns, o homem que está filmando seria pivô na história, podendo ter sido ele a revelar essa #traição, levando o homem a descobrir a traição da esposa. Depois, ele teria aproveitado para registrar esse vídeo. Porém, para outras pessoas, o vídeo é armação e tudo estaria combinado entre o alegado marido e o suposto amante, até porque a esposa é a primeira a saltar fora do esquema, ela que sai correndo no momento em que o homem entra no quarto.

No entanto, existem ainda algumas opiniões mais divertidas. #agressão #sexo