Hava Celebic, mais conhecida como “nana Hava”, moradora de uma aldeia na Bósnia e Herzegovina, é considerada uma curandeira poderosa pela população local.

Contudo, ao contrário das habituais rezas e passes com as mãos, usados pelos paranormais na cura dos enfermos, a velha senhora só precisar dar uma boa lambida no globo ocular dos clientes, para que eles fiquem livres de doenças.

Até o momento, Hava jura que sua “lambida mágica” já curou cerca de cinco mil pessoas, segundo informações do jornal britânico Metro.

A anciã, que faz questão de enfatizar ser a única curandeira no mundo a sanar moléstias com o inusitado método, revela cobrar o “simbólico” valor de 10 Euros (33,70 Reais) para lamber o olho dos doentes.

Publicidade
Publicidade

Segundo ela, que demonstra obediência às regras de higiene, após esterilizar a boca com álcool, encosta seu velho órgão responsável pelo paladar, no globo ocular dos pacientes.

Ela confessa que ao realizar o bizarro processo de cura, pedaços de chumbo, ferro, carvão, serragem e vidros podem ser removidos dos olhos, dependendo do problema do indivíduo.

A mística ainda destaca ter aprendido a técnica da “lambida curativa” com uma mulher que também se chamava Hava.

No entanto, a paranormal salienta que o “segredo” morrerá com ela, pois os filhos não aceitam o modus operandi empregado no tratamento dos doentes.

"Infelizmente, não posso passar isso para meus descendentes, porque meus filhos estão muito revoltados para colocar a língua nos olhos de alguém”, lamenta.

A mulher avalia que devido ao fato de sua língua ser a única no mundo com capacidade curativa, habitantes da aldeia pretendem cortá-la quando ela morrer, para continuar a usá-la no tratamento das enfermidades oculares.

Publicidade

Ainda que seja estranho indivíduos pagarem para a curandeira esfregar o órgão no olho, a fama da idosa ultrapassou a aldeia. De acordo com a médium, até mesmo norte-americanos e russos vão atrás dela para curar as patologias.

Porém, como uma boa samaritana, Hava Celebic declara não captar dinheiro de enfermos sem emprego ou com poucas condições financeiras.

"Eu não cobro daqueles que não estão empregados e não têm dinheiro, mas a minha taxa de serviço normalmente custa cerca de 10 Euros", enfatiza.

Abaixo, veja o vídeo da idosa em ação, se tiver “estômago” para isso.

#Curiosidades #Viral #Internet