O mundo está cada vez mais estranho, alguns têm muito mais do que precisam. Já outros não conseguem nem ao menos o essencial para viver. A fome e pobreza ainda é um dos grandes problemas do mundo, países do continente Africano tendem a sofrer mais com isso. Doenças e falta de água tratada definitivamente transformam a vida dessas pessoas num verdadeiro “inferno”.

Um fato interessante aconteceu no Quênia. No país é muito comum ver pessoas pedindo esmola na rua, principalmente crianças que buscam ajudar suas famílias e conseguir ter o que comer. Algumas por outro lado não tem onde morar.

John Thuo, uma criança do Quênia, estava em mais um dia comum em sua vida, pedindo esmolas e sobrevivendo como pode.

Publicidade
Publicidade

Porém, algo inacreditável aconteceu em sua vida ao conhecer Gladys Kamande.

Gladys sobrevivia graças a equipamentos eletrônicos que a ajudavam a respirar, o garoto ficou impressionado ao vê-la dentro de seu veículo nessa situação. Não se contendo, o garoto perguntou à moça o que eram todos aqueles objetos, e para que serviam.

A partir desse momento algo emocionante aconteceu. Gladys contou tudo que teve que passar em sua vida, as dificuldades e a força de vontade que ela teve para continuar viva. John então não se conteve e começou a chorar emocionado com a história da moça.

Ao perceber que a vida da moça era definitivamente muito mais difícil que a sua, o garoto perguntou como poderia ajudá-la. Foi nesse momento que a emoção tomou conta de todos.

Publicidade

Gladys pegou a sua mão e começaram a rezar, o garoto resolveu tentar ajudá-la de alguma forma, colocou a mão no bolso e pegou todo o dinheiro que havia conseguido naquele dia, a fim de entregar para a moça.

Porém, como um milagre, naquele momento, uma pessoa passou e tirou uma foto, compartilhando posteriormente nas redes sociais. A imagem acabou viralizando e milhares de pessoas se comoveram com a história dos dois. Graças a isso, Gladys conseguiu mais de R$ 260 mil reais para realizar seu tratamento.

O final dessa história foi que Gladys Kamande adoutou John, que hoje vai normalmente à escola, e tem uma vida normal como qualquer criança de sua idade. #Curiosidade #Humanidade #bondade