Praticamente todo mundo já está ciente da necessidade de uma boa noite sono para a manutenção da saúde, da vitalidade e do bom humor das pessoas. Mesmo que nem todo mundo consiga satisfazer essa necessidade devido a problemas orgânicos, muito trabalho, vida social agitada ou problemas psicológicos como estresse e ansiedade, por exemplo.

Menos conhecida, porém também com benefícios comprovados para saúde, é o hábito de dormir totalmente sem roupas. Segundo especialistas, o uso de roupas íntimas favorece enormemente a proliferação de bactérias e fungos nas partes íntimas dos seres humanos, especialmente das mulheres.

Por isso, explica a doutora Luciana Potiguara, diretora do Centro de Reprodução Humana FertilCare, ficar sem roupa ajuda a arejar a região do genital feminino, o que, por sua vez, colabora para a prevenção de infecções na vagina.

Publicidade
Publicidade

Assim, a opção de ficar como veio ao mundo pelo menos na hora de cair no sono tem a seu favor não só o inegável conforto que proporciona - pelo menos às mulheres que não são friorentas - como o fato de ajudar a prevenir doenças. É um feliz caso em que se unem o útil e o agradável. E ainda dizem que tudo que é bom é ilegal, imoral ou engorda.

Não se esgotam, contudo, na nudez ocasional os cuidados que podem ser tomados no campo das roupas íntimas para evitar as temidas doenças vaginais. Outra coisa que pode ajudar a saúde da vagina é prestar a atenção no material que compõe a calcinha. As de algodão facilitam a transpiração, já as feitas de outros materiais abafam a região, o que acaba tornando o ambiente bem mais propício para a multiplicação de bactérias e fungos nocivos à saúde humana.

Publicidade

Enfim, é verdade que nem sempre se pode andar por aí sem calcinha, não é? Mantenha, porém, a ideia em mente como uma opção para certas ocasiões em que isso pode ser feito com impunidade - a hora de dormir é um bom exemplo. E, quando for usar calcinha, opte por uma feita de algodão - sua vagina agradecerá o cuidado com a saúde dela, que é a sua também. #dormir pelado