Com os altos índices de criminalidade e as histórias de crimes bárbaros divulgadas pela imprensa, não espanta que os brasileiros sintam-se cada vez mais inseguros. Todos os países, claro, sofrem, muito ou pouco, com a chaga da violência, mas o Brasil está entre os que infelizmente acabam por inspirar um pouco de paranoia.

Felizmente, porém, o #Crime às vezes tomam formas curiosas. Criminosos improváveis, objetivos surpreendentes, modos de atuação esquisitos, todos esses fatores podem ser parte de uma história divertida, das que podem até ir parar na página policial do jornal, mas que permitem trocar o medo pela descontração - pelo menos até que o leitor arranje um emprego de motoboy em uma pizzaria e se depare com a gangue de ladrões de pizza (explicar o quê para o patrão, que foi atacado pelas Tartarugas Ninja Mutantes?).

Publicidade
Publicidade

1 - Que alma perversa. Onde o mundo vai parar quando crimes hediondos como esse são cometidos em plena luz do dia? E as autoridades continuam inertes enquanto esse tipo de malfeitor leva o desassossego aos lares brasileiros. Nenhum cão pode se sentir seguro enquanto este estado de coisas nefasto perdurar.

2 - Difícil julgar. Vai ver que ele esqueceu o lanche dele em casa. Quem nunca? E ainda há gente reclamando que com a violência fora de controle a vida humana no Brasil é barata. É nada, é só ir conferir quanto está custando um nugget de frango hoje em dia.

3 - As coisas andam tão más que os animais estão pegando os maus hábitos dos seres humanos. Por outro lado, deve ser uma propaganda fantástica para a marca de barra de chocolate. Ela é tão boa que o desejo por elas levou o pobre esquilo a uma vida de crime.

Publicidade

Talvez seja uma mistura de chocolate e nozes, pelo menos faria algum sentido.

4 - Atribui-se a um assaltante de bancos americanos a quem perguntaram por que ele atacava bancos a resposta "porque é onde o dinheiro está". Do mesmo jeito, por que atacar um motoboy carregando pizzas? Porque é onde as pizzas estão quando ainda estão quentinhas. Há quem diga que sexo é como pizza: até quando ruim, é bom. Pela propriedade simétrica das igualdades (se a=b, então b=a), pizza é como sexo, até quando é ruim, é algo bom. Só por um heroico esforço de vontade que o resto de nós não assalta motoboys levando pizzas também.

#imagens #Humor