As #Redes Sociais são uma das maiores ferramentas de comunicação entre internautas na atualidade. Todavia, existem pessoas que, por não saberem usar dessas tecnologias, acabam exagerando em suas portagens. Uma situação constrangedora está relacionada às mensagens erradas.

Muitas vezes, por uma distração ou até mesmo por ter pouca afinidade com o aparelhos, internautas acabam se confundindo e enviando mensagens erradas para pessoas erradas. Uma página de humor do Facebook listou 4 internautas que usaram das redes sociais para se comunicar e acabaram se metendo em situações constrangedoras.

A primeira conversa que é mostrada foi realizada através do aplicativo WhatsApp.

Publicidade
Publicidade

Parece ser o diálogo entre um casal de namorados. A namorada puxou conversa com o namorado para pedir um celular de presente. "Amor, me compra um celular?", perguntou ela. "Uê, e o outro? (sic)", responde o namorado.

Nessa última mensagem, o rapaz estava se referindo ao outro celular que ela tinha, porém, ela acabou entendendo outra coisa. "O outro vai me dar um tablet", respondeu a moça confessando ter um segundo namorado.

A segunda mensagem já é de uma internauta chamada Giovanna. Ela usou das redes sociais para esclarecer uma dúvida. Ela estava relacionada ao número de relações sexuais que eram consideradas normais quando feitas no mesmo dia. "Uma pergunta... se uma amiga minha transar com dois homens no mesmo dia..." Até esse ponto da mensagem a moça tinha se saído bem, mas, acabou se complicando no final da mensagem.

Publicidade

"Sou considera p***?", ela perguntou usando a primeira pessoa.

A terceira conversa parece que foi realizada em um grupo do WhatsApp. O assunto era, naquele momento, sobre algumas fantasias para uma festa. Um participante do grupo perguntou: "Qual a fantasia de vocês?". A outra pessoa, que parece não ter entendido o conteúdo do assunto, respondeu: "Transar com um travesti". "Para a festa", concluiu o primeiro.

A última conversa é entre uma mãe e o filho. "O mãe", escreveu o filho. A mãe, certamente, se confundiu e acabou se confundindo em responder o filho. "40 min 90$ reais. A hora sai por apenas 110$. Pode pagar no cartão", respondeu a mãe. "Mãe, sou eu, o Léo, seu filho", respondeu o rapaz.