Quando o relacionamento está no início, é comum haver algumas desconfianças, principalmente em relação ao ex. Ainda mais que, o nível de intimidade entre vocês ainda não está no 100%.

Mas, como descobrir isso?

Chegar e perguntar pode não ser uma das opções mais adequadas, pois podem gerar brigas desnecessárias. O ideal é descobrir se o que está sentindo é apenas uma insegurança, ciúmes ou medo da relação não dar certo.

Para que você tire a dúvida disso, há alguns sinais que podem ajudar a descobrir se o ex ainda vive ou não no pensamento e no coração da pessoa.

Confira:

1) Ainda tem o telefone do ex: muita calma nessa hora.

Publicidade
Publicidade

Nem sempre quer dizer que o fato da pessoa ainda ter o numero do ex significa que tenha algum tipo de contato. Às vezes, pode demonstrar que a pessoa é capaz de ter uma relação extremamente madura e cultivar a amizade.

Por outro lado, se observar que ainda existem muitas trocas de mensagens e ligações, procure primeiro saber o conteúdo das conversas, mas não se esqueça de não invadir a privacidade da pessoa. Procure conversar e tentar descobrir.

2) Amizade nas redes sociais: na verdade isso não quer dizer nada. O fato da pessoa ainda ter o ex nas redes sociais pode apenas significar que o carinho e a amizade por ela ainda existe. Isso não quer dizer necessariamente que ainda tenha interesse.

Por outro lado, se observar que a pessoa sempre curte fotos, status, melhor ficar alerta. Você pode conversar e tentar explicar que aquilo está lhe incomodando e que não é uma atitude adequada.

Publicidade

3) Contato com familiares do ex: também não quer dizer que por causa disso a pessoa ainda sente algo. Existe uma palavra chamada consideração. Se a pessoa manteve um bom relacionamento com os familiares do ex, não tem porque desfazer disso só porque o romance acabou.

Por outro lado, se a pessoa deixa de fazer algumas coisas com você para ir a casa, por exemplo, da mãe do ex com frequência, melhor ficar em estado de alerta. Pode significar que ainda não cortou os laços.

4) Ainda marcam encontros: entenda que, por mais que isso possa parecer algo inaceitável, alguns fatores devem ser considerados antes de criar uma tempestade. Por exemplo, pode acontecer que durante o relacionamento algumas coisas foram feitas juntas, como compras, investimentos etc. Isso fará com que se encontrem para falar desses assuntos. Procure saber qual é o real motivo dos encontros.

Por outro lado, se os encontros forem constantes e não existe nenhum tipo de vínculo, como citamos acima, pode ser que a pessoa esteja tentando uma reaproximação, e ainda sentir-se balançado com relação aos sentimentos. Fique atento! #Entretenimento #Dicas #Curiosidades