Como dizem: "de perto ninguém é normal" e "de poeta e louco, todo mundo tem um pouco". Assim sendo, não é de espantar que muitas mulheres costumam fazer depois do sexo #coisas que possam lhe parecer muito estranhas. Apresentamos a seguir seis coisas que mulheres costumam fazer depois de manter relações sexuais, não necessariamente todas estas coisas e nem necessariamente nesta ordem específica:

1 - Ver as horas

Não que elas estejam tentando descobrir quanto tempo desperdiçaram com você ou estejam cronometrando sua performance - bom, a maioria delas pelo menos não está. Mas, as mulheres gostam de estar a par das horas e o #sexo é um período durante o qual é fácil perder a noção do tempo.

Publicidade
Publicidade

2 - Beber água

Não é uma malhação, mas envolve uma certa dose de esforço físico, para não falar dos gritos e gemidos. Não é de se espantar se ela ficar com a garganta seca e o corpo pedindo para se refrescar.

3 - Buscar um momento sozinha no banheiro

Não só para fazer o óbvio (aliás, sabia que urinar depois do sexo é recomendado pelos especialistas, pois ajuda a expulsar bactérias que possam ter entrado durante o ato), mas também para confirmar que está tudo bem com as partes íntimas.

4 - Evitar a zona pegajosa da cama

Aconchegarem-se um ao outro na cama depois do sexo é maravilhoso, mas exige certo cuidado. Muito provavelmente uma parte da cama estará suja de fluidos sexuais. Nada de errado, é uma consequência do sexo, mas não se espante se ela quiser evitar essas partes da cama.

5 - Torturar-se com o dilema de decidir se lava ou não os lençóis

É mais fácil colocar uns panos sobre as manchas e deixar para lavar os lençóis no cronograma habitual, mas também não é nenhum sacrifício colocá-los na lavadora de roupas (se ela tiver).

Publicidade

Conhece a ideia do Asno de Buridan? É uma situação hipotética, imaginada para ridicularizar o sistema de pensamento de Jean Buridan, filósofo e sacerdote católico medieval.

Nesta hipótese, um asno faminto e sedento é colocado a mesma distância de uma pilha de feno e de um balde de água (outras versões falam de duas pilhas iguais de feno). Não consegue se decidir entre as duas opções igualmente atraentes e fica imóvel até morrer de fome e/ou sede.

Um caso literal, ainda que hipotético (os burros de verdade não fazem isso), de "de pensar, morreu um burro". Ela, que não é burra, em nenhum dos sentidos da palavra, não cairá nessa e, mais cedo ou mais tarde, tomará uma decisão.

6 - Vestir-se

Talvez não seja vergonha propriamente dita, mas as mulheres tendem a se sentir vulneráveis e estranhas quando despidas. #Casal