Toda mulher sexualmente ativa já teve dúvidas um dia se estava #Grávida ou não. Muitas vezes, mesmo com a ajuda de métodos contraceptivos. a menstruação atrasa e a dúvida se instala, surgindo a grande preocupação. Será que estou grávida? Será que a camisinha estava furada? Será que não tomei direito o anticoncepcional?

É uma dúvida que não raro atormenta qualquer mulher. Em muitos casos, a mulher que se depara com essa situação não quer partilhar essa angústia com mais ninguém, e por isso tem medo de ir à farmácia para comprar um teste de gravidez ou ir ao posto de saúde para tentar saber.

Seja porque a mulher não tem nenhuma relação séria com o pai da criança, seja por motivos de idade, religiosos ou mesmo falta de dinheiro, muitas mulheres não querem que ninguém saiba de uma suposta gravidez sem que ela tenha certeza da mesma.

Publicidade
Publicidade

Por isso que muitas mulheres buscam confirmar uma possível gestação com métodos caseiros do tempo de nossas bisavós. A sabedoria das pessoas mais experientes fez com que nossos antepassados buscassem identificar gestações através de métodos caseiros a partir de elementos da cultura popular.

1.­ O famoso truque da agulha

Essa é uma receita muito antiga. Primeiro, arranje uma agulha, que pode ser das normais, e uma linha de qualquer cor, de preferência uma linha fina, daquelas usadas para pregar botões. A seguir, abra a mão esquerda com a palma virada para cima. Pegue a linha com a mão direita e deixe descair a agulha como se fosse um pêndulo. Com a mão direita, suba e desça três vezes a agulha por sobre a palma da mão esquerda e em seguida coloque a ponta da agulha no meio da mão sem que ela toque em nada.

Publicidade

Três coisas podem ocorrer quando a agulha estiver por cima da mão: se começar a se movimentar em círculos, é uma menina; se andar em linha reta, é um menino; se ficar parada, é porque não está grávida e não terá filhos.

2. Pelos batimentos cardíacos

A velocidade com que bate o coração da criança na barriga da mãe pode revelar algumas indicações sobre o sexo do bebê. Se forem mais de 140 batidas por minuto, será uma menina. Se o coração bater menos de 140 vezes por minuto, é um menino que vem a caminho.

3.­ Desejos de grávida

Justamente porque a criança está roubando os nutrientes da mãe, que vontades estranhas de comer isso ou aquilo surgem para colmatar essas deficiências. Por isso, quando a mulher tem vontade de comer coisas salgadas e amargas, quer dizer que um menino está a caminho. Por outro lado, se dá vontade de comer comidas agridoces, pode crer que será uma linda menina.

4.­ Marcas de acne

Quando a mulher sofre com problemas de acne durante a gestação, pode ter certeza que ela está esperando alguém do sexo feminino.

Publicidade

Isso acontece, segundo a tradição popular de algumas culturas, porque a menina está roubando toda a beleza de sua mãe durante a gravidez.

5.­ Com a aliança de casamento

É uma maneira de descobrir muito semelhante ao teste da agulha. Suspenda a aguilha como se fosse um pêndulo, passando um fio pelo seu interior. Se a aliança realizar movimentos circulares, será um rapaz; se os movimentos forem para trás e para frente, será uma dama.

6.­ Com a tabela do calendário chinês

A primeira coisa a fazer é descobrir qual a sua idade lunar, o que você descobre procurando na internet. Depois que souber em que mês a criança foi concebida, deve-se usar a tabela chinesa abaixo para ficar sabendo qual o sexo da criança. Se do cruzamento da fila e da coluna der um quadradinho azul, o bebê é um menino. Se, pelo contrário, der a cor rosa. será uma menina.

7.­ Pelo formato do barriga

Esse é um método que foi criado pela mulher a partir de sua própria experiência e observação ao longo dos tempos. Se a barriga crescer para cima e para os lados, uma menina vem a caminho. Se a barriga crescer para a frente, é sinal que se trata de um belo menino. #Maternidade