Desde 1982, o SBT começou sua parceria com a Televisa, grupo mexicano que produz telenovelas para a América latina. Durante os últimos anos, várias novelas tiveram um sucesso estrondoso na rede.

Você, em alguma época de sua vida, provavelmente já foi telespectador de algum sucesso transmitido pelo #SBT. Pensando nisso, listamos algumas infantis que fizeram a cabeça da molecada.

Carrossel

Foi ao ar de 20 de maio de 1991 a 21 de abril de 1992. Quem não se encantou com a doçura da professora Helena (Gabriela Riveiro), e divertiu-se com as trapalhadas e aventuras dos alunos da segunda série da Escola Mundial? A novela original fez tanto sucesso que, ao visitar o Brasil na época, a atriz Gabriela Riveiro foi aguardada por cerca de cinco mil pessoas e desceu a rampa do Congresso Nacional com Fernando Collor de Mello, presidente brasileiro da época.

Publicidade
Publicidade

Carinha de Anjo

Dulce Maria (Daniela Aedo) perdeu a mãe precocemente, e, deprimido com a perda da esposa, seu pai, Luciano Larios (Miguel de León), decidiu afastar-se de tudo, deixando-a em uma escola de freiras chamada “Rainha da América”. Foi exibida de julho de 200 a fevereiro de 2002

Seus personagens carismáticos como a “tia Peruca”, imã Fabiana, Noviça Cecília e a própria Dulce Maria transformaram uma novela infantil em um excelente entretenimento para toda a família.

O Diário de Daniela

Daniela Monroy (Daniela Luján) faz parte de uma família de 5 pessoas e é o elo principal entre eles. Doce, meiga e carismática, possui 12 anos e comanda uma galerinha de amigos com os quais apronta poucas e boas. Também possui um diário, onde, além de expor seus sentimentos, relata suas principais travessuras.

Publicidade

Cúmplices de um Resgate

A trama conta a história de duas irmãs gêmeas, Silvana e Mariana Del Valle (Belinda, posteriormente Daniela Luján), que foram separadas na maternidade e se encontram onze anos depois. Mariana Del Valle é pobre, porém, meiga e doce, possui um grande talento vocal. A personagem ficou com a mãe biológica, com quem morava, juntamente com sua avó e tia. Silvana del Valle possui um temperamento agressivo, arrogante e calculista, vive com a mãe Regina, por quem foi roubada na maternidade, e é altamente mimada por seu pai.

As duas irmãs se encontram em um festival musical, e Silvana, ao perceber o grande talento para a música de sua irmã, pede para que troquem de lugar, haja vista que irá fazer um teste para uma banda chamada “Cúmplices”.

Alegrifes e Rabujos

Exibida do dia 13 de setembro de 2004 a 12 de fevereiro de 2005, Alegrifes e Rabujos conta a história de Sofia (Maria Chacón). Ao lado de sua casa há uma velha mansão que, segundo a lenda, é mal-assombrada há anos.

Publicidade

Curiosa, Sofia faz de tudo para adentrar na mansão e descobrir seus mistérios, além de procurar uma fotografia de sua falecida mãe. Sofia descobre que, na realidade, a casa não é mal-assombrada e seu dono está vivo, apenas passou todos esses anos assustando a vizinhança com o intuito de se divertir.

Amy, a Menina da Mochila Azul

Após um furacão, uma bebê foi achada por um casal. Matias, pai de Amy, era capitão e um dos maiores pescadores. No entanto, após uma tragédia, perdeu todos seus bens, exceto um velho barco que lhes serviam de moradia. Cheia de aventuras, enigmas, mensagens transmitidas por garrafas e até sereias, essa telenovela foi a queridinha da criançada entre 26 de abril a 10 de setembro de 2004.

Luz Clarita

Transmitida pelo SBT de 4 de janeiro a 5 de abril de 1999. Luz Clarita (Daniela Luján) foi parar em um orfanato, após a morte de sua avó. Suas melhores amigas são a cozinheira Soledad e sua fada madrinha, que sempre aparecia quando estava triste. É adotada por Mariano De La Fuente e sempre busca fazer as pessoas ao seu redor felizes. Luz Clarita encheu nossos lares com sua fofura e carisma, tornando-se, assim, uma das novelas que marcaram a infância de muitos. #Televisão #Novela Mexicana