Não é novidade que as bebidas alcoólicas, quando tomadas exageradamente, podem causar grandes transtornos à vida de uma pessoa. O público alvo das empresas de bebidas, geralmente, são os jovens. Várias propagandas de bebidas alcoólicas passam uma imagem para os jovens e adultos que ficar embriagado é algo normal e divertido. Devido a isso, e a outros fatores pessoais, muitas pessoas acabam exagerando na bebida e pagando um preço alto por isso.

Um fato relacionado a um possível consumo exagerado de bebida alcoólica está sendo muito divulgado na internet. Um print de uma conversa comprova a preocupação de uma moça ao ver sua foto rodando nas redes sociais.

Publicidade
Publicidade

Tudo indica que, ao ser tirada a foto, a moça estava sob efeito do álcool, nem se lembrava de nada que tinha acontecido.

Quem avisou Luiza sobre a fotografia foi uma amiga dela, através do WhatsApp. Prevendo uma possível briga entre Luiza e seu namorado, a amiga já iniciou a conversa se despedindo, como se ela estivesse prestes a morrer. “Luiza, foi bom ter te conhecido. Descanse em paz (sic)”, escreveu a moça.

Tudo leva a pensar que Luiza, até aquele momento, não tinha ideia do que a amiga estava falando. “Tá louca? Porque tá falando isso? (sic)”, respondeu Luiza.

Logo depois, a amiga enviou uma mensagem esclarecendo tudo. “É que na hora que seu namorado ver o que você fez na festa da formatura ontem ele vai te matar, olha essa foto (sic)”, escreveu a moça. Devido ao teor sexual da imagem que segue adiante, algumas partes foram censuradas.

Publicidade

Todavia, pode-se perceber que dois rapazes estavam tirando proveito do estado em que a moça se encontrava.

Assim que Luiza viu a imagem parece que entrou em desespero. Demonstrando não se lembrar de nada daquilo, ela quis saber os detalhes sobre a fotografia. “Quem tirou essa foto? Quem te mandou isso? Meu Deus, o Ronaldo vai me matar (sic)”, disse Luiza, demonstrando arrependimento pelo que fez.

A amiga, porém, não parecia a fim de ajudá-la a sair da situação. “Descanse em paz”, encerrou.

#Redes Sociais #Curiosidade