Relacionamentos terminam em traição por vários motivos, porém os mais comuns são #traição, excesso de cobrança e controle, falta de novidades (rotina). Mas, no fundo, esses são só os agravantes – o verdadeiro motivo é outro. Vamos por partes:

Traição

Muitas vezes, o casal se vê diante de um relacionamento morno, sem a mesma intensidade do início. Os parceiros tentam chamar a atenção um do outro de todas as maneiras possíveis, mas, como a rotina já consumiu a relação, nada surte efeito.

É nesse momento que um dos dois pode ter a péssima ideia de tentar usar a traição como forma de despertar ciúmes. No caso do homem, a traição pode começar com pequenos atos, como elogiar o corpo de uma atriz da TV, deixar a parceira perceber que ele está olhando para a garçonete no bar, ficar horas conversando com alguma amiga, até evoluir para coisas menos sutis, como pedir a uma colega que lhe telefone com frequência, só para mostrar que “há pessoas interessadas”.

Publicidade
Publicidade

E, claro, em alguns casos a traição pode ocorrer de fato. Na maioria das vezes, isso acontece porque o homem deseja voltar a sentir aquilo que já não sente dentro do relacionamento. Não é que ele acredite que a outra mulher será melhor do que você.

A busca dele não é necessariamente por outra pessoa, e sim por outra sensação. O que ele quer é sair da rotina, ser quem ele é de verdade, agir de maneira que não pode agir ao seu lado (porque você reclama) e, acima de tudo, agitar a monotonia da vida dele.

Excesso de cobranças e controle

Muitos homens dizem que sair com outras mulheres faz o relacionamento se manter de pé. Eles não consideram isso uma traição, mas uma forma de não pirar. Às vezes é tanta pressão, tanta cobrança, tantos problemas ou tanta mesmice que eles precisam quebrar esse ciclo, para que a situação não acabe com eles e com a própria relação.

Publicidade

Muitas vezes o homem rompe com a namorada porque quer dar seu grito de liberdade e ter “sua vida de volta”. Normalmente, nos primeiros meses após o término eles saem com os amigos, fazem novas amizades, curtem a noite como jamais fizeram com a namorada.

Nesse momento bate a maior revolta, pois ele nunca queria sair quando vocês estavam juntos. Algumas vezes, o relacionamento termina porque o parceiro conheceu outra mulher e enxergou nela algo que faltava – ou sobrava – em você. Saber identificar que qualidade é essa é o ponto chave.

Alguns homens acabam traindo e acreditando que aquela mulher maravilhosa com quem estão tendo um caso pode ser a solução de seus problemas. Afinal, ela não pega no pé, não reclama, não cobra e está sempre sorrindo.

Rotina

Já escutamos muitas mulheres com discursos assim: “Ele terminou comigo porque brigávamos muito, eu pegava no pé dele, era muito ciumenta, não o deixava fazer as coisas que queria. Ele disse que nunca vai voltar a ficar comigo, que precisa de paz e sossego.

Publicidade

Ele nunca vai me perdoar, nunca vai me procurar de novo, nunca vai esquecer tudo isso e acreditar que eu posso mudar.” Na verdade, tudo isso foi apenas um agravante para o fim do relacionamento.

O motivo real é um só: a relação ficou monótona, caiu na rotina, e ele já não se sente mais tão atraído por você. Isso dói? Sim. É como um soco no estômago, mas é a pura realidade. Nesse caso, você já pode parar de sofrer, pois resolver essa situação é fácil. #sexualidade #sexo