Uma jovem de 28 anos, chamada Timea Páll, vive em uma cidade romena chamada Oradea, onde mora com o seu cachorro chamado Figaro e trabalha com arte. Recentemente, ela chamou muito a atenção das pessoas com a sua nova obra-prima, que se tratou de uma série de pinturas onde ela decidiu usar um material para lá de especial e bizarro.

Embora seja algo difícil de acreditar, ela decidiu criar uma imagem enorme de um feto feito com nove peças, todas pintadas com o #sangue da sua #Menstruação. E para que o trabalho, intitulado de “Diário do Meu Período”, fosse completo, ela precisou de 9 meses para coletar todo o material necessário.

Publicidade
Publicidade

Através da imagem do feto, a jovem afirma que o seu objetivo não era que as pessoas focassem sua atenção apenas no material do qual foi feito. Segundo o que Timea escreveu em sua rede social, ela se inspirou na eliminação natural dos seus óvulos e decidiu dar à luz de alguma forma."...me inspirou a dar à luz algo que tem um fim biológico e a criar o começo do fim", acrescentou ela no post onde explicava sobre a sua obra de arte.

Todo o processo criativo levou 9 meses, tempo esse que ela precisou para transformar seu “bebê” que nunca iria nascer em uma curiosa criação. O que realmente resultou em um tipo diferente de arte, que emergiu algo como uma “gravidez artística”.

A reação do público ao ver o seu trabalho exposto foi, como ela mesma reconhece e já imaginava que ia ser, um tanto dividida.

Publicidade

Ela afirmou que a questão de usar sangue menstrual, com certeza, iria dividir opiniões, pois algumas pessoas acham isso um pouco perturbador, nojento, repugnante e até mesmo um pouco maluco, enquanto outros acham algo emocionante. Já os fãs da artista, por outro lado, acham o trabalho motivador, original, poderoso e criativo.

Na opinião de Timea, se todos parássemos para analisar direito, parte da população experimenta essa sensação e passa por esse sangramento sempre uma vez ao mês. Então, aceitar o trabalho dela, pode ser um passo positivo para todos. Você não tem que se envergonhar de algo que é completamente natural!”, afirmou.

Além de fazer a loucura de coletar seu sangue menstrual para criar o tal feto gigante, Timea Páll pretende também exibir o seu trabalho em diversas galerias espalhadas pelo mundo no futuro. Enfim, um sonho de que todos entendam e aceitem a sua arte algum dia. #obra de arte