Desde o momento em que nascemos a única certeza que temos durante a “longa estrada da vida” é que um dia morreremos. A partir daí não podemos afirmar mais nada.

Porém, há quem acredite que a hora derradeira seja o ponto final da nossa história, e os que avaliam a morte como o nascimento ao contrário, o instante em que a consciência despertará num plano espiritual.

Todavia, no meio dessa “suruba filosófica” existem inúmeros relatos de espíritos que não transcendem à outra realidade. Eles ficam por aqui mesmo, na Terra, assustando os “mortais”.

Embora não haja estudos acadêmicos capazes de comprovar ou refutar a continuidade do ser humano depois do óbito, o aumento de casos de fantasmas registrados em todo o mundo constitui um aspecto importante acerca do tema.

Publicidade
Publicidade

Dessa vez, uma manifestação paranormal captada na cidade de Famaillá, província de Tucumán (#Argentina), na terça-feira (21), tende a somar a ideia de espíritos vagando pelo nosso mundo.

Conforme o jornal local El Diario 24, a câmera de monitoramento interno do hospital filmou um episódio sinistro.

Na ocasião, funcionários que observavam as imagens de um portão vermelho que serve de entrada para o local, ficaram surpresos ao notaram ele se movendo sozinho, como se alguém o estivesse empurrado.

Agora, eles estão certos que um fantasma é o responsável. De acordo com depoimentos de empregados e pacientes do estabelecimento, essa não foi a primeira vez que um evento assombroso aconteceu no ambiente.

Sons desconhecidos, aparições de espíritos nos salões e galerias, além de quedas bruscas de temperaturas em quartos e escritórios do hospital, são fenômenos recorrentes, percebidos principalmente à noite.

Publicidade

Funcionários conjecturam duas possibilidades para as atividades paranormais. Segundo eles, um médico já falecido que trabalhava no hospital pode ser o protagonista dos episódios assombrosos.

Contudo, também suspeitam que outro empregado, morto de forma violenta (não há detalhes), pode ser o causador dos eventos.

Ao que parece, é apenas questão de tempo para que cenas semelhantes voltem a ocontecer.

#Curiosidades #Internet