Histórias de gratidão, superação e bondade, infelizmente, não são tão comuns em nosso noticiário. Infelizmente, o que costuma dar acesso ou ser publicado são histórias de dor e ódio. No entanto, uma história que aconteceu em um restaurante da Califórnia, nos Estados Unidos, acabou virando notícia em todo o mundo. De acordo com informações do site 1 News, em reportagem publicada neste domingo, 12, uma moradora de rua idosa entrou em uma famosa rede de fast food. Ela queria apenas comer. Para isso, a idosa, que não teve o nome identificado pelo site, acabou indo de mesa em mesa para pedir por um tipo de ajuda, nem que fossem apenas os restos de comida, que geralmente vão parar na lata do lixo.

Publicidade
Publicidade

Geralmente, os responsáveis pelos estabelecimentos, ao verem um morador de rua entrando em seus restaurantes, acabam os expulsando do local. Dessa vez, no entanto, aquela senhora tinha um anjo da guarda, identificada como Carmen Mendez. A jovem trabalhava voluntariamente ajudando pessoas necessitadas. Aos 26 anos e ao lado da namorado, Carmen viu-se com o coração partido ao ver a senhora ir à sua mesa para pedir os restos de sua refeição. Ela não achou justo dar só o que sobrou. Então, para a desaprovação geral dos outros clientes, a jovem americana decidiu pagar ela mesma a refeição daquela senhora.

O que a jovem não poderia esperar era a reação daquela senhora. A idosa, muito emocionada por ter sido bem tratada, começou a chorar em pratos. Uma foto do momento acabou viralizando nas redes sociais.

Publicidade

A idosa decidiu agradecer à jovem pelo o que ela estava fazendo. Por isso, a senhora deu um forte abraço na boa samaritana. É provável que a voluntária jamais tenha sentido um abraço tão forte de gratidão. O bom gesto acabou repercutindo em todo o planeta mostrando que, caso nós tenhamos atitudes parecidas, mesmo que simples, podemos melhorar e muito a vida de muitas pessoas.

Na sua opinião, o gesto exemplificado pela mulher dessa história é digno de ser perpetuado? Deixe seu comentário. Ele é sempre importante. #emoção