O ser humano possui uma peculiaridade bem adverso dos demais seres vivos do planeta. A maioria das pessoas não conseguem conviver com as diferenças apresentadas por outros na sociedade, fazendo com que discursos de ódio e bullying sejam proferidos a quem se destoa da padronização da humanidade.

Geralmente esse comportamento padrão é composto pelo tom de pele, classe social e gênero. Pessoas que diferem dos estereótipos estabelecidos pela sociedade, são tratados com indiferença por outras pessoas. Esse tratamento não tem nada de especial e corrobora para a discriminação de pessoas em todo o mundo.

Inúmeras pessoas são alvos de bullying em todo o mundo.

Publicidade
Publicidade

A agressão que pode ser física e ou psicológica, acaba vitimando pessoas que enfrentam problemas para serem aceitos pela sociedade. A maioria dessas pessoas são marginalizadas pela sociedade, que de forma excludente, seleciona os perfis mais próximos aos considerados padronizados.

Por mais que a globalização tenha refletido em profundas mudanças na sociedade, sobretudo na aceitação do próximo, o bullying ainda continua a acontecer de forma alarmante, e as crianças são as que mais sofrem com isso.

Por serem pequenos demais, além do corpo sofrer mudanças significativas, o psicológica da criança também está em profunda transformação. É nesse momento importante da vida dos pequeninos que muito de sua personalidade e traçado.

Imagine como deve ser a cabeça de uma criança que sofre esse tipo de agressão de seus colegas todos os dias? Não deve ser nada fácil enfrentar essa luta diária.

Publicidade

Mas, nem sempre essas histórias acabam mal, e o que era motivo para bullying pode virar um incentivo para a superação.

E foi assim que aconteceu com uma bela jovem de apenas 18 anos. Salem Mitchell possui muitas pintas em seu rosto, o que levou seus amigos de escola a fazerem insultos contra a menina.

Segundo a jovem, ela era chamada constantemente de banana, por ter suas manchas semelhantes à da fruta. Com o rosto cheio de sardas, Salem chegou a ser chamada até de guepardo por pessoas que praticaram bullying contra a menina.

Mas, a menina sobreviveu aos ataques de seus colegas e deu a volta por cima. Aos 18 anos, Salem já é uma modelo requisitadas por grifes famosas, que viram em suas pintas no rosto, a verdadeira beleza da jovem.

#Curiosidades #Internet