Ao caminharem pela praia de Charlestown, na Cornualha (Inglaterra), na segunda-feira (20), Chris Crane, 61 anos, e a esposa Amanda, 59, não imaginavam que seriam protagonistas de um intrigante mistério.

É que eles avistaram a carcaça de uma suposta serpente marinha - até o momento desconhecida. Com 8 pés de altura (2,4 metros), o esqueleto apodrecido ainda apresentava a parte traseira intacta.

Embora a espécie à qual ela pertença seja desconhecida, habitantes da região suscitaram a ideia do bicho ser um monstro conhecido pelo folclore local como Morgawr. As informações são do jornal britânico Metro.

Conforme a lenda, Morgawr é uma serpente bizarra cujo nome significa gigante do mar.

Publicidade
Publicidade

“As pessoas imediatamente sugeriram que poderia ser os restos do mítico Morgawr”, comentou Chris.

Responsável por fotografar a carcaça, Crane também destacou que ao notar a criatura à distância, inicialmente pensou que ela fosse um golfinho ou outro animal marinho.

Contudo, ao chegar a poucos metros da “besta marítima”, percebeu que estava a observar um ser exótico.

“Quando me aproximei, pude ver que era algo um pouco maior e uma forma estranha", destacou.

Ao exibir as imagens no Twitter, alguns internautas apresentaram uma explicação mais simples sobre a origem do monstro.

“É uma baleia-piloto. Maxilar inferior está faltando, o crânio está virado de cabeça para baixo”, avaliou Markus Hemmler.

Apesar de populares exporem diferentes convicções sobre o insólito animal, Chris Crane revelou que a entidade responsável pela identificação de criaturas marinhas (National Sea Watch Foundation) ainda não manifestou opinião.

Publicidade

Até o momento, o caso continua uma incógnita. Porém, não há como negar que a aparência do bicho é no mínimo extravagante.

LENDA DE MORGAWR

De acordo com o folclore da Cornualha, tudo começou em 1975, quando pescadores afirmaram terem visto a assombrosa serpente gigante nas águas da região.

Com o passar dos anos, houve outros relatos de avistamentos esporádicos em localidades do condado.

Agora, a população acredita que o mar da Cornualha é onde o monstrengo vive. Será? #Curiosidades #Europa #Internet