Nos últimos anos, é perceptível o grande número de igrejas evangélicas que surgiram em nosso país. Os nomes dessas igrejas são os mais variados possíveis, porém, todas elas são voltadas para o ensinamento bíblico. Juntamente com o crescimento do número de fieis dessas igrejas, surge, na mídia, uma grande polêmica envolvendo os pastores que pregam, a todo custo, a obrigatoriedade de se pagar o dízimo. Muitos internautas e até mesmo alguns fieis, às vezes, questionam a pressão que os pastores colocam sobre eles a respeito dos 10%.

Muitas pessoas afirmam que pastores das mais variadas igrejas estão enriquecendo com os dízimos e ofertas dadas pelos membros da igreja.

Publicidade
Publicidade

Recentemente, o assunto envolvendo pastor, dízimo e fiel está ganhando grande repercussão na internet. Foi divulgado nas #Redes Sociais um diálogo entre um pastor e um membro de sua igreja. Na conversa, fica claro que o religioso não ficou feliz ao descobrir que o rapaz, Marquinhos, não havia feito o pagamento do seu dízimo ainda.

Pode-se perceber pela conversa que quem iniciou o assunto foi o próprio pastor. “Marquinhos, bom dia”, escreveu o pastor em conversa pelo Whatsapp. Na mesma mensagem e antes mesmo do rapaz responder, o pastor foi logo tratando de dizer o objetivo de ter o chamado. O religioso afirmou que o dízimo do rapaz estava atrasado e que, por essa razão, teria que pagar juros sobres os dias de atraso. “Seu dízimo está atrasado e você terá que pagar com juros”, escreveu o pastor.

Publicidade

O rapaz não ficou satisfeito ao ler a cobrança do pastor e acabou o surpreendendo com uma resposta bem inusitada. Nesse artigo não será possível transcrever todas as palavras escritas pelo fiel devido a número de xingamentos e palavrões que ele fez ao pastor. Todavia, pode-se afirmar que o rapaz falou para ele o religioso o que muita gente gostaria de falar. Entre outras coisas, o rapaz deixa claro que não acha justo a família do religioso esteja de carro novo enquanto o restante dos fieis não têm as mesmas condições financeiras que eles. Veja a conversa.