Ocorreu neste domingo (26), o primeiro #eclipse solar de 2017, evento em que a Lua passa na frente do Sol, encobrindo-o temporariamente de forma total ou parcial. O fenômeno foi visto apenas no Hemisfério Sul e pode ser observado em boa parte do Brasil, sobretudo no sul do país e nas localidades em que as condições climáticas foram favoráveis.

Regiões do Chile, Argentina e África puderam observar o eclipse em forma anular, o chamado ''Anel de Fogo'', quando a Lua encobre o Sol quase completamente, deixando apenas um anel de luz visível no céu.

No Brasil, o fenômeno se deu de forma parcial - a Lua encobriu apenas uma parte do Sol, deixando à mostra uma meia-lua de luz.

Publicidade
Publicidade

O ponto máximo do fenômeno foi entre 10h e 12h30 - horário de Brasília - dependendo da localização do observador.

Em 21 de agosto deste ano, haverá um eclipse solar total, que poderá ser observado no Brasil apenas na região Nordeste, próximo à hora do pôr do sol.

Segundo o Observatório Nacional, outro eclipse parcial ocorrerá em 14 de dezembro de 2020. Este poderá ser observado em quase todo o país.

Confira abaixo algumas das imagens publicadas por observadores no Twitter:

Muita gente, no entanto, se decepcionou ao não conseguir observar o fenômeno devido às más condições climáticas:

Caso você tenha interesse em se programar para observar os próximos eventos solares, existem algumas precauções que devem ser tomadas quando se observa um eclipse solar.

Publicidade

"Nunca se deve olhar diretamente para o Sol sem alguma proteção", alerta Gustavo Rojas, astrônomo da UFSCar (Universidade Federal de São Carlos). Segundo ele, a radiação intensa do Sol pode danificar nossa visão em segundos.

É preciso proteger os olhos com filtros astronômicos ou vidros como os utilizados em máscaras de soldador. Não utilize óculos, binóculos e telescópios, pois estes objetos concentram os raios solares e podem causar danos irreversíveis à nossa visão. Também não devem ser utilizados, contrariando as crenças populares, radiografias, negativos fotográficos, disquetes, DVDs e CDs ou lentes de câmeras para a observação do Sol. #Ciência #Astronomia