Estamos em 2017 e os celulares se tornaram nossos principais confidentes, e as informações salvas neles são sagradas e intocáveis. Nos últimos anos, temos visto inúmeras variações de #Segurança para o celular, e novos métodos de autenticação por parte de empresas como o Google (Android) e Apple (iOS).

Coisas como a digitalização de impressões digitais, senhas criptografadas e padrões mais complexos são cada vez mais introduzidos para proteger os dispositivos. Mas os pesquisadores de tecnologia apresentarão em breve uma realidade assustadora em um Simpósio de Segurança de Sistema em 2017.

Modos de bloqueio

Os pesquisadores mencionados fizeram um vídeo de alguém usando o bloqueio de desenho em seu dispositivo Android, e então o aparelho foi emparelhado com um software de algoritmo de visão computacional, que foi capaz de produzir o padrão correto em apenas cinco tentativas.

Publicidade
Publicidade

O software foi capaz de fazer o desbloqueio através do rastreamento da ponta dos dedos da vítima em uma distância de dois metros e meio.

Então, se você pensou que seu bloqueio de desenho era mais seguro do que um bloqueio por senha, talvez esteja enganado. Além disso, a maioria das pessoas não usam desenhos ou senhas difíceis de adivinhar, tornando o trabalho de burla-los mais fácil.

Talvez a solução seja ter uma senha melhor do que um número de quatro dígitos ou um desenho padrão de nove pontos. Um PIN de quatro dígitos tem cerca de 10.000 combinações possíveis, um padrão de desenhos de quatro a nove pontos possui cerca de 400.000 combinações, mas se você utilizar uma senha alfanumérica, o número de opções aumenta exponencialmente. Mesmo que você use uma senha de cinco caracteres, com 90 opções de caracteres diferentes, você vai acabar com quase seis bilhões de combinações diferentes.

Publicidade

Mas é claro que se alguém filmar ou visualizar sua senha enquanto você digita em sua tela, toda a sua segurança foi perdida. Pensando nisso, as empresas de celulares criaram bloqueios inteligentes, que realizam o desbloqueio por sinais específicos, reconhecimento de voz ou por meio da confirmação da impressão digital, porém, não são todos os aparelhos que possuem essa tecnologia. Então, talvez seja necessário entrar em contato com o fabricante para ter essa ajuda. #Inovação #Celular