As primeiras séries da escola são uma época muito marcante na vida das crianças. Esse é o momento em que os pequenos aprenderão como se deve comportar com os colegas da turma e com os professores. É muito comum, nessa fase de adaptação à vida escolar, os pais receberem dos professores notícias de como anda o comportamento dos filhos na escola. Ao receberem a notificação dos professores, nem todos os pais ficam contentes ao saberem como seu pequeno tem se comportado com os demais da escola.

Continuando a falar sobre comportamento de alunos na escola, está sendo divulgado nas redes sociais uma conversa inusitada entre uma mãe e um coleguinha de seu filho.

Publicidade
Publicidade

A criança chama a mãe para conversar após não concordar com a postura do colega com os demais alunos da sala. Pela conversa, pode-se perceber que a criança estava bastante decepcionada com o colega e resolveu dedurá-lo para a mãe.

O print da conversa mostra que quem iniciou o assunto foi a criança. De início a criança quis confirmar se a mulher com quem estava falando era mesmo a mãe do colega. “Você é a mãe de Rodrigo né? (sic)”, escreveu a criança. Sem ao menos esperar a confirmação da mãe, a criança já foi expondo o problema.

Ela disse que teve um problema com seu filho, Rodrigo, por causa de um lanche que ele havia levado para a escola. Segundo a criança, Rodrigo não havia dividido com ninguém. “Ontem ele (Rodrigo) levou um saco de suspiro na escola e não dividiu com ninguém (sic)”, escreveu a criança.

Publicidade

Tudo indica que a criança aprendeu que não dividir os alimentos não era uma coisa legal para se fazer. Todavia, a mãe de Rodrigo parece não compartilhar da mesma opinião. Ela respondeu à criança que seu filho não tinha obrigação nenhuma de dividir seu lanche. “Deus disse que era para dividir o pão, não o suspiro, ele está certo, tem que dividir nada não (sic)”, responde a mãe de Rodrigo.

O coleguinha parece que não ficou muito satisfeito com a resposta. Logo após ler a mensagem. ele respondeu com um emoticon mostrando estar triste em saber que a mãe não castigaria o comportamento do filho.

. #Redes Sociais